Bradesco toma decisão polêmica sobre o empréstimo consignado do Auxílio Brasil

0

O presidente do Banco Bradesco, Octavio de Lazari Júnior, afirmou que o banco tomou a decisão de não oferecer o empréstimo consignado para os beneficiários do Programa Auxílio Brasil.

Segundo o presidente do banco, o empréstimo deverá ser oferecido para famílias vulneráveis sem a previsão de continuidade a longo prazo, tornando o consignado uma operação de risco para o banco e consequentemente elevando o percentual de juros.

“Entendemos que essas pessoas terão mais dificuldade quando o benefício cessar e, por isso, preferimos não operar”, respondeu Lazari a jornalistas.

O texto da lei que autorizou o consignado define que a dívida não poderá ficar para o governo em nenhuma circunstância e, portanto, caso o beneficiário perca o direito de receber o Auxílio Brasil, será obrigação dele continuar a pagar as parcelas.

Empréstimo Consignado Auxílio Brasil

O consignado do Auxílio Brasil

Lei N° 14.431, de 3 de agosto de 2022, autorizou os beneficiários do Auxílio Brasil a contratarem empréstimo consignado e comprometerem até 40% do valor recebido mensalmente para fazer os pagamentos das parcelas para os bancos e financeiras.

O empréstimo consignado é aquele em que o cliente solicita o valor emprestado e faz os pagamentos através de descontos mensais em sua folha de pagamento antes mesmo de receber, evitando assim a possibilidade de atrasos.

No caso dos beneficiários do Auxílio Brasil, os valores serão emprestados sob a condição de bancos e financeiras descontarem 40% do benefício recebido mensalmente para realizar o pagamento das parcelas.

Juros e riscos

Além da possibilidade dos beneficiários do Auxílio Brasil ficarem com uma grande dívida caso deixem de receber o benefício, um outro risco está nas altas taxas de juros que tem sido cobradas em simulações feitas por financeiras que desejam oferecer o consignado.

Algumas simulações chegam a cobrar 5,85% ao mês de juros, taxas que chegam a 100% ao ano, valor até três vezes maior do que o cobrado normalmente pelo mercado, já que, devido a garantia de ter o desconto feito automaticamente, esse costuma ser uma das modalidades de empréstimo mais baratas do mercado.

Por isso, especialistas alertam as famílias para que realizem um planejamento antes de solicitar o consignado e, ao solicitar, fiquem atentos as taxas de juros, solicitando para a financeira ou o banco um demonstrativo com todos os valores cobrados.

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais

Empréstimo do Auxílio Brasil não saiu por isso Empréstimo consignado do Auxílio Brasil travou por esse motivo Consulta Auxílio Gás junho liberada no aplicativo Calendário Auxílio Brasil abril 2022 começa nesta semana Empréstimo consignado do Auxílio Brasil e BPC segue indefinido