Lista de cadastros ativos do CadÚnico que têm direito ao Auxílio de R$ 150

O Auxílio Gás, também conhecido como Vale-Gás, é uma ajuda financeira concedida pelo Governo Federal para auxiliar no orçamento das famílias mais vulneráveis na compra do botijão de gás de cozinha. Diante do aumento nos custos de vida e a importância do gás para o preparo de refeições, essa assistência se torna cada vez mais essencial. O valor de R$ 150 é distribuído de forma bimestral, mas nem todas as famílias têm acesso a esse benefício, o que gera muitas dúvidas sobre os critérios de elegibilidade e o processo de inscrição.

Para ter direito ao Auxílio Gás, as famílias precisam atender a alguns requisitos fundamentais estabelecidos pelo Governo. Primeiramente, é essencial que estejam cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que os dados sejam atualizados no máximo a cada 24 meses. Além disso, a renda familiar mensal per capita não deve ultrapassar meio salário mínimo, e a família deve estar inserida no programa Bolsa Família.

Como se inscrever no programa

O processo de inscrição nos programas sociais é realizado presencialmente. As famílias que cumprem os pré-requisitos devem se dirigir até a unidade do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) mais próxima, portando documentos que comprovem a situação de vulnerabilidade social, como CPF do responsável pela unidade familiar e documentação de todos que compõem o núcleo familiar, comprovantes de rendimento e um comprovante de residência atualizado.

A seleção para o recebimento do benefício bimestral do Vale-Gás é realizada de maneira automática pelo Governo Federal, usando os dados fornecidos através do CadÚnico. O processo de escolha visa auxiliar diferentes famílias ao longo do tempo, o que significa que uma família que foi beneficiada em um determinado bimestre pode não ser selecionada no próximo ciclo de pagamentos.

Com mais de 40 milhões de pessoas inscritas no CadÚnico e somente cerca de 6 milhões sendo assistidas pelo Vale-Gás, é crucial que os inscritos mantenham seus dados sempre atualizados para aumentar as chances de serem selecionados.

Confira dicas para garantir seu Auxílio Gás:

  • Mantenha o cadastro no CadÚnico sempre atualizado.
  • Verifique regularmente os critérios de elegibilidade do programa.
  • Acompanhe os anúncios oficiais do Ministério da Cidadania para novas orientações.
  • Em caso de alterações familiares significativas, como nascimento, falecimento ou mudança de endereço, informe imediatamente ao CRAS.

Calendário do Auxílio Gás em abril

Para os que aguardam ansiosamente os próximos pagamentos do Auxílio Gás, abril reserva novidades. Já foi divulgado o calendário com as datas específicas de pagamento do programa, que varia conforme o último número do NIS. Confira:

  • NIS terminado em 1: pagamento no dia 17 de abril;
  • NIS terminado em 2: pagamento no dia 18 de abril;
  • NIS terminado em 3: pagamento no dia 19 de abril;
  • NIS terminado em 4: pagamento no dia 22 de abril;
  • NIS terminado em 5: pagamento no dia 23 de abril;
  • NIS terminado em 6: pagamento no dia 24 de abril;
  • NIS terminado em 7: pagamento no dia 25 de abril;
  • NIS terminado em 8: pagamento no dia 26 de abril;
  • NIS terminado em 9: pagamento no dia 29 de abril;
  • NIS terminado em 0: pagamento no dia 30 de abril.

A movimentação dos valores pode ser feita através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.