Se você mora nestes 5 estados terá depósito Bolsa Família antecipado

Entenda o que motivou o Governo Federal a antecipar o benefício em abril

Certos beneficiários do Bolsa Família precisam ficar atentos, uma vez que os pagamentos do mês de abril foram antecipados em cinco estados do país. Nas próximas linhas, veja todas as mudanças anunciadas pelo Governo Federal e como isso deve impactar os contemplados pelo programa de transferência de renda.

A antecipação dos recursos se deve às fortes chuvas que atingiram diversas regiões do Brasil em janeiro deste ano. Como é de se imaginar, o impacto causado pelo fenômeno natural prejudicou milhares de famílias, o que fez o Governo Federal adiantar os pagamentos.

Estados e cidades que confirmaram a antecipação do Bolsa Família

  • 1. Amapá: Macapá;
  • 2. Ceará: Arneiroz, Canindé, Catunda, Caucaia, Cedro, Crateús, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaribe, Mombaça, Monsenhor Tabosa, Parambu, Pereiro, Tabuleiro do Norte e Tauá;
  • 3. Paraná: Antonina, Capitão Leônidas Marques, Chopinzinho, Guaratuba, Ivaiporã, Matinhos, Paranavaí, Pérola, Pontal do Paraná, Primeiro de Maio, Quedas do Iguaçu e São João do Ivaí;
  • 4. Rio de Janeiro: Rio de Janeiro, Belford Roxo, Duque de Caxias, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, São José de Meriti, Queimados, Japeri, Miguel Pereira. Em São Paulo, recebem antecipadamente: Sorocaba, Embu-Guaçu e Socorro;
  • 5. Rio Grande do Sul: Cruzeiro do Sul, Erechim, Guaíba, Hulha Negra, Lagoa Bonita do Sul, Mata, Passa Sete, São Vicente do Sul, Torres e outras 62 localidades;
  • 6. Sergipe: Frei Paulo, Monte Alegre de Sergipe, Neópolis, Nossa Senhora da Glória, Porto da Folha e Tobias Barreto.

Quando começa a nova rodada de pagamentos?

Antes de conferir o cronograma definido para o mês de abril, vale lembrar que a ordem dos repasses segue de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada titular. No entanto, essa regra não será aplicada para os segurados que residem em uma das cidades mencionadas há pouco. Dito isso, confira o calendário:

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: depósito no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: depósito no dia 18 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: depósito no dia 19 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: depósito no dia 22 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: depósito no dia 23 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: depósito no dia 24 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: depósito no dia 25 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: depósito no dia 26 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: depósito no dia 29 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: depósito no dia 30 de abril.

Requisitos mínimos para receber o auxílio

Além da antecipação dos recursos, cabe ressaltar que os cidadãos agraciados pelo Bolsa Família devem se comprometer a uma série de condicionalidades. Entre elas: acompanhamento pré-natal para gestantes, vacinação de acordo com o calendário nacional para crianças, monitoramento do estado nutricional de menores de sete anos, frequência escolar mínima e estar com o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) atualizado.

As diretrizes visam não apenas fornecer apoio financeiro, mas também promover o bem-estar e o desenvolvimento pleno das famílias contempladas pelo programa social. Portanto, com a antecipação dos pagamentos e o cumprimento desses compromissos, espera-se que os segurados enfrentem adequadamente os desafios diários e construam um futuro mais próspero.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.