Quase 8 Milhões de Famílias Deixam de Ter Quase 100% de Desconto na Energia

Um levantamento recente realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) revelou que cerca de oito milhões de famílias no Brasil têm direito à Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e não estão usufruindo desse benefício oferecido pelo Governo Federal.

De acordo com os dados divulgados em fevereiro de 2024, das 24,9 milhões de famílias que se qualificam para aderir à TSEE, apenas 17,05 milhões estão recebendo o desconto em suas contas de energia elétrica. Isso significa que 7,92 milhões de famílias têm direito à redução, mas não estão utilizando o benefício.

Como garantir?

A Tarifa Social de Energia Elétrica é destinada principalmente a famílias de baixa renda, proporcionando descontos significativos em suas contas de luz. Para ser elegível ao programa, é necessário atender a certos critérios estabelecidos pelas autoridades.

Uma das formas de ser incluído automaticamente no programa é estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). No entanto, algumas condições específicas também se aplicam:

  • Renda Familiar: famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por integrante, desde que estejam inscritas no CadÚnico, têm direito à Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Deficiência ou Idade Avançada: famílias com renda mensal de até três salários mínimos podem receber o benefício se tiverem pelo menos um integrante que necessite de tratamento com o uso de aparelhos ligados à energia elétrica devido a alguma deficiência. Além disso, idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também se qualificam para a TSEE.

Os descontos oferecidos pela Tarifa Social de Energia Elétrica variam de acordo com o consumo mensal de energia. Por exemplo, para famílias com consumo de até 30 kWh/mês, o desconto pode chegar a 65%. Já para consumo entre 31 kWh e 100 kWh/mês, o desconto é de 40%. No entanto, para consumos acima de 220 kWh/mês, não há desconto na tarifa de energia.

Diante dessas informações, é fundamental que as famílias que se enquadram nos critérios da Tarifa Social de Energia Elétrica estejam cientes de seus direitos e busquem aderir ao programa para reduzir seus gastos com energia elétrica, contribuindo assim para uma melhor qualidade de vida e um orçamento mais equilibrado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.