Lista dos 1,6 milhão de brasileiros que vão ganhar R$ 3.762

Confira todos os detalhes sobre o certame mais badalado do momento

Aproximadamente 1,6 milhão de cidadãos se inscreveram para participar do concurso público promovido pela Caixa Econômica Federal (CEF). Deste total, cerca de 900 mil já pagaram o boleto ou ficaram isentos da taxa de inscrição.

Vale mencionar que o prazo para o pagamento da taxa de inscrição foi prorrogado para o dia 5 de abril pelo banco estatal, segundo o comunicado emitido recentemente. Originalmente, ele seria encerrado no dia 27 de março. As taxas custam entre R$ 50 e R$ 65, a depender do nível de escolaridade da vaga escolhida.

Detalhes sobre o certame

Ao todo, a CEF oferta 4.050 vagas para carreiras de técnico bancário novo, técnico bancário novo para Tecnologia da Informação (TI), médico do trabalho e engenheiro de segurança do trabalho. A prova está marcada para ser aplicada no dia 26 de maio deste ano.

Os participantes aprovados e nomeados receberão salários de R$ 3.762 para técnico; R$ 11.186 para médico do trabalho; e R$ 14.915 para engenheiro de segurança do trabalho. Além disso, eles serão contemplados com uma série de benefícios oferecidos pela instituição financeira.

Vagas por cidade/Estado

Funcionamento

No momento do cadastro, os candidatos poderão escolher um polo onde desejam trabalhar. Os polos representam uma região dentro de um Estado ou do Distrito Federal, que é o macropolo/UF. Cada um deles engloba cidades que têm unidades da CEF com oportunidades.

  • 1. Os candidatos deverão selecionar um polo, mas não poderão escolher uma cidade ou unidade específica da CEF dentro dele;
  • 2. Para os cargos de nível superior, há vagas somente em capitais, Logo, as próprias capitais de cada Unidade Federativa (UF) são os polos de trabalho e poderão ser selecionadas diretamente pelos candidatos no momento da inscrição;
  • 3. Após a realização das provas, os candidatos aprovados vão estar em duas listas de classificação: por polo e por macropolo. Quem for selecionado para um cargo dentro do polo que escolheu, mas não aceitar tomar posse na unidade indicada pela Caixa, será excluído do concurso;
  • 4. Além disso, a CEF poderá convocar uma pessoa para assumir uma vaga num polo diferente do qual escolheu, se não houver candidatos para preenchê-la. Neste caso, será usada a ordem de classificação por macropolo.
  • 5. Se o candidato aceitar a vaga no polo diferente, será excluído da lista do seu polo original de opção. Caso contrário, será excluído da classificação por macropolo, mas mantido na do polo que escolheu.

Provas

Como informado anteriormente, as provas serão aplicadas no dia 26 de maio, com os locais podendo ser consultados no edital revelado. Elas terão questões objetivas de conhecimentos gerais e específicos, além de redação. Já os resultados serão divulgados no mês de agosto, quando os aprovados serão convocados para apresentarem a documentação e realizarem os exames médicos obrigatórios.

Cabe destacar que o concurso público da Caixa Econômica Federal terá validade de um ano a contar da data de publicação do edital de homologação do resultado, podendo ser prorrogado por período equivalente, ficando a critério da própria instituição financeira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.