Anvisa proibiu venda de paçoca famosa por conter substância cancerígena

A venda de um lote específico de paçoca foi proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) devido à presença nociva de aflatoxinas, substâncias tóxicas e potencialmente cancerígenas. A medida de segurança afetou o lote 0027 da Paçoca Rolha, pertencente à marca Dicel, em 2017. O teste que revelou o perigo foi conduzido pelo Laboratório de Análise Micotoxicológicas de Santa Maria (RS), identificando teores dessas substâncias acima dos limites máximos toleráveis.

Aflatoxinas são metabólitos secundários produzidos por certos tipos de fungos, comumente encontrados em alimentos armazenados em condições inadequadas. Este caso específico de contaminação coloca em destaque os riscos que essas substâncias apresentam à saúde, tendo sido encontradas em quantidades superiores às permitidas tanto para o amendoim com casca quanto para o processado, como no caso da paçoca em questão.

Outros produtos também proibidos pela Anvisa

Além da medida tomada contra o lote da paçoca da Dicel, a Anvisa anunciou a proibição de outros produtos alimentícios. Um deles, conhecido como Papá no Prato, é comercializado pela internet por um fabricante não identificado e carece de registro na agência, um requisito obrigatório para alimentos de transição para lactentes e crianças de primeira infância. 

Outro produto afetado pela ação da Anvisa é o lote 0001700 de palmito picado da marca Mega Sabor. Após análise, este também apresentou problemas, e, sem a solicitação da empresa para uma contraprova, o resultado se tornou definitivo, levando ao recolhimento do lote.

Resposta dos fabricantes

O portal R7, após tomar conhecimento dos fatos, procurou a Dicel para um posicionamento a respeito da proibição de venda do lote contaminado de sua paçoca, mas até o momento da publicação da notícia sobre o ocorrido não houve retorno. Tentativas de contato também foram feitas com as empresas responsáveis pelos outros produtos mencionados, mas sem sucesso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.