Descubra como desbloquear bônus de R$ 102 do CadÚnico

O procedimento é simples e pode ser feito sem precisar sair de casa; confira

O Auxílio-Gás trata-se de uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), tendo sua primeira rodada de pagamentos de 2024 realizada no mês de fevereiro. O benefício, instituído durante a gestão de Jair Messias Bolsonaro em 2020, tem como objetivo auxiliar 5 milhões de cidadãos brasileiros que vivem na linha da pobreza.

Cabe destacar que os repasses do Auxílio-Gás são feitos bimestralmente, isto é, a cada dois meses. Sendo assim, o próximo pagamento está programado para o mês de abril. Inclusive, vale lembrar que o montante é pago em conjunto com o Bolsa Família. A seguir, confira todos os detalhes sobre o benefício.

Quem pode receber o Auxílio-Gás?

Para ter acesso ao benefício, os segurados precisam atender aos seguintes critérios:

  • 1. Ter renda familiar mensal de até R$ 706 por pessoa;
  • 2. Um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • 3. Ou ser vítima de violência doméstica.
  • 4. Famílias mais robustas têm maiores chances de receber o Auxílio-Gás.

Como destacado há pouco, os pagamentos do benefício ocorrem a cada dois meses e seguem o calendário do Bolsa Família. Neste mês de março, o Auxílio-Gás não foi repassado, visto que o repasse ocorreu no mês anterior, conforme previsto no cronograma.

Como é feito o cálculo do benefício?

Na última distribuição, o valor repassado a cada um dos 5 milhões de beneficiários foi de R$ 102. A quantia é definida de acordo com uma pesquisa que levanta o preço médio nacional do botijão de gás de 13 kg. Neste sentido, a expectativa é de que o próximo pagamento mantenha a mesma quantia.

Cronograma completo

Aqueles que possuem o Número de Identificação Social (NIS) finalizado em 1 serão os primeiros a receber o Auxílio-Gás, enquanto os segurados com o NIS final 0 serão os últimos. Confira o calendário completo:

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: depósito no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: depósito no dia 18 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: depósito no dia 19 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: depósito no dia 22 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: depósito no dia 23 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: depósito no dia 24 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: depósito no dia 25 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: depósito no dia 26 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: depósito no dia 29 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: depósito no dia 30 de abril.

Por onde faço a consulta?

Se você é um dos agraciados e deseja verificar o saldo do Auxílio-Gás, é possível utilizar o aplicativo do Bolsa Família ou do Caixa Tem (ambos disponíveis para Android e iOS). Se preferir, a consulta também pode ser feita no Portal Cidadão Caixa. Em caso de dúvidas, os segurados podem entrar em contato pelos números 111 (Central Caixa), 0800 726 0207 (Caixa Cidadão) ou 121 (Central do MDS).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.