Alerta! Golpe do Reboleto está fazendo milhares de vítimas

Com o avanço da tecnologia, os golpes financeiros também evoluíram, e um dos mais comuns e prejudiciais é o golpe do reboleto. Nesse esquema, criminosos criam boletos falsos ou adulteram boletos legítimos, enganando as vítimas e levando-as a realizar pagamentos para contas fraudulentas.

Golpe do Reboleto

Sugestões para você

Comunicado da Receita Federal sobre valor do imóvel no…

O modus operandi desses golpistas pode variar, mas muitas vezes eles entram em contato com as vítimas de maneira inesperada, seja por e-mail, WhatsApp ou outras plataformas digitais, oferecendo serviços ou produtos aparentemente legítimos, mas com boletos adulterados.

Uma vez que a vítima realiza o pagamento do boleto falso, ela pode pensar que está tudo certo. No entanto, após algum tempo, recebe uma notificação de cobrança informando que o boleto não foi quitado, descobrindo assim que foi vítima de um golpe.

Para se proteger contra esse tipo de golpe, é fundamental adotar algumas medidas preventivas:

  • Verifique sempre a autenticidade dos boletos recebidos, comparando os dados com as informações fornecidas pela empresa credora;
  • Evite clicar em links suspeitos enviados por e-mail ou mensagens, especialmente aqueles que solicitam o pagamento imediato de boletos;
  • Desconfie de ofertas tentadoras ou descontos excessivos, especialmente se forem acompanhados por solicitações urgentes de pagamento;
  • Utilize meios de pagamento seguros e verificados, como transferências bancárias diretas ou cartões de crédito, sempre que possível;
  • Mantenha seu software de antivírus e antimalware atualizado em seus dispositivos eletrônicos para evitar ataques cibernéticos.

Além disso, é essencial estar sempre atento e informado sobre os golpes financeiros mais comuns, buscando orientações junto a órgãos de defesa do consumidor e instituições financeiras confiáveis.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.