Cuidado para não ser multado: último dia para pagar DAS MEI

Administrar um negócio requer atenção constante a uma série de obrigações, essenciais para a sustentabilidade e legalidade da empresa. Entre essas responsabilidades, o pagamento do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) se destaca como uma das mais críticas para os Microempreendedores Individuais (MEIs). A data limite para o pagamento do DAS referente a março de 2024 está se aproximando rapidamente, sendo fixada para esta quarta-feira, dia 20 de março.

É fundamental que todos os MEIs, independentemente do seu volume de negócios, estejam cientes da necessidade de realizar este pagamento mensalmente. Os valores são definidos com base na natureza da atividade comercial, tendo sido recentemente ajustados em função do reajuste do salário mínimo para R$ 1.412.

Quanto deve ser pago pelo MEI

Para a grande maioria dos MEIs, o custo mensal do DAS varia de R$ 70,60 a R$ 76,60. No entanto, os MEIs que trabalham no setor de transporte de cargas, especialmente os caminhoneiros, encontram-se em uma faixa de pagamento distinta, que varia de R$ 169,44 a R$ 175,44, tendo em conta o tipo de carga transportada e a localização da entrega.

Pagar o DAS é um processo que pode ser executado com facilidade e segurança, seguindo alguns passos básicos:

  1. Abrir o Portal do Empreendedor;
  2. Clicar em “Já Sou MEI”;
  3. Localizar a seção “Pagamento da Contribuição Mensal (DAS)”;
  4. Inserir o CNPJ da empresa e gerar a guia de pagamento.

Além do tradicional boleto bancário, existe a opção de realizar o pagamento por meio de aplicativos dedicados, simplificando ainda mais o processo para os microempreendedores.

O pagamento do DAS vai além de uma simples obrigação fiscal. Ele reflete a situação regular do MEI junto aos órgãos governamentais, abrangendo desde tributos até a contribuição para o INSS, e incluindo impostos como ICMS e ISS. Estar em dia com o DAS não apenas assegura a conformidade legal, mas também preserva benefícios previdenciários importantes.

O não pagamento pode resultar no cancelamento automático do CNPJ, trazendo um emaranhado de complicações legais e tributárias para o empreendedor.

Em suma, os MEIs têm uma excelente oportunidade de manterem suas empresas em dia, aproveitando os recursos disponíveis para facilitar o cumprimento dessas responsabilidades. Não deixe para a última hora, e garanta a tranquilidade necessária para focar no crescimento do seu negócio.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.