Benefício de R$ 200/mês para estudantes pode ser consultado hoje (20)

Por meio da plataforma Jornada no Estudante, é possível saber se foi aprovado ou não

Os estudantes do ensino médio matriculados na rede pública de educação já podem consultar se vão ou não ser contemplados pelo Pé-de-Meia, programa desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC) que promete um repasse mensal de R$ 200.

O projeto funciona como uma espécie de poupança para os alunos de baixa renda do ensino médio. No que diz respeito à consulta, liberada nesta quarta-feira (20), ela pode ser feita por meio do aplicativo Jornada do Estudante (disponível para Android e iOS).

Aqueles que não estiverem na lista neste primeiro momento, não precisam se preocupar, visto que o MEC alertou que ela não é definitiva, uma vez que as informações ainda estão sendo atualizadas pelas redes de ensino municipais, estaduais e do Distrito Federal.

Portanto, os alunos podem acompanhar a atualização da condição no app Jornada do Estudante, conforme o MEC consolida as informações passadas pelas secretarias de Educação. A plataforma virtual do Ministério apresentará, ainda, orientações sobre a poupança do estudante de ensino médio, bem como o calendário de pagamento dos montantes.

Segundo o cronograma, o MEC efetuará o repasse do Incentivo-Matrícula do Pé-de-Meia, no valor de R$ 200, entre 26 de março e 3 de abril, conforme o mês de nascimento dos alunos. A quantia será depositada em contas digitais abertas automaticamente pela Caixa Econômica Federal, nos nomes dos próprios estudantes.

Detalhes sobre o Programa Pé-de-Meia

A iniciativa governamental é um incentivo financeiro-educacional, pago na modalidade de poupança, aos estudantes matriculados no ensino médio. O programa promete o pagamento de incentivos anuais de até R$ 3 mil por contemplado. Ao final da etapa de ensino, nos três anos, o valor pode chegar a R$ 9.200 para cada aluno. Vale lembrar que o Pé-de-Meia foi criado em janeiro deste ano pela Lei 14.818/2024.

Como vai funcionar a iniciativa?

  • 1. No ato da matrícula realizado no início de cada ano letivo, os estudantes receberão, em parcelas únicas, o valor de R$ 200;
  • 2. Depois, serão pagas 27 parcelas mensais de R$ 200, contanto que os alunos tenham 80% de frequência escolar;
  • 3. Ao fim de cada ano do ensino médio, haverá um bônus de R$ 1.000, também pago em parcela única;
  • 4. Além disso, os alunos do 3º ano do ensino médio receberão R$ 200 pela participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para que serve o Jornada do Estudante?

O Jornada do Estudante trata-se de um novo aplicativo gratuito, multiplataforma, disponibilizado pelo MEC e que faz parte do programa do Governo Federal para a Transformação Digital. A ferramenta ficou em 1º lugar na categoria “Melhor Solução de Governo Digital Orientada ao Cidadão”, no 10º Prêmio da Associação Brasileira de Entidades Estaduais e Públicas de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP-TIC) em 2022.

O app permite aos estudantes brasileiros acompanharem os seus registros estudantis e disponibiliza documentos digitais pertinentes à sua trajetória, desde seu primeiro ingresso em estabelecimento de ensino até os níveis superiores de educação. Tudo isso em tempo real, sem a necessidade de sair de casa ou requisições por parte do interessado. Além disso, o Jornada do Estudante serve como um canal direto de comunicação entre o MEC e o aluno.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.