Auxílio Gás está de volta aos benefícios nesta sexta-feira (15)?

Confira a resposta para essa questão nesta matéria

Devido ao aumento constante no valor do botijão de gás de cozinha, milhares de famílias em todo o Brasil têm passado por apertos financeiros para conseguir adquirir o item fundamental. Para se ter uma ideia, no mês passado, o gás doméstico foi reajustado em R$ 18,33, tornando-se ainda mais caro para grande parte da população, em especial a de baixa renda.

No entanto, para amenizar os impactos do cenário econômico instável, o Governo Federal decidiu efetuar os repasses do Auxílio Gás, também conhecido como Vale-Gás. Para quem não sabe, trata-se de um benefício que tem o seu valor alterado mensalmente, a depender do preço do botijão de gás de cozinha. Ele é repassado bimestralmente, isto é, a cada dois meses, e pode ajudar a cobrir o custo total do item indispensável nos lares brasileiros.

Quem pode receber o Auxílio Gás?

O Vale-Gás é destinado, principalmente, para os cidadãos com registro ativo e atualizado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Ou seja, o Auxílio Gás é um benefício que contempla as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e econômica e inscritas em programas de transferência de renda, como o Bolsa Família.

A ajuda será concedida neste mês de março?

Como informado há pouco, o pagamento do Auxílio Gás é concedido a cada dois meses, e a última parcela distribuída foi no mês de fevereiro. Portanto, o Vale-Gás não será repassado neste mês de março; apenas no próximo mês, em abril.

Para abril, as datas previstas para os pagamentos variam entre os dias 17 e 30. Vale lembrar que o cronograma de repasses é baseado de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada segurado. O Auxílio Gás será depositado junto com o benefício principal do Bolsa Família. Dito isso, confira as datas:

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: depósito no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: depósito no dia 18 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: depósito no dia 19 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: depósito no dia 22 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: depósito no dia 23 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: depósito no dia 24 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: depósito no dia 25 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: depósito no dia 26 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: depósito no dia 29 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: depósito no dia 30 de abril.

Demais auxílios

Os cidadãos inscritos no Bolsa Família recebem, além do Vale-Gás, outros benefícios extras, ultrapassando o montante mínimo de R$ 600. No entanto, a liberação vai depender da composição familiar. Confira:

  • 1. Benefício Primeira Infância (BPI): adicional de R$ 150 para até duas crianças que sejam menores de sete anos — ou seja, pode-se obter até R$ 300 via BPI;
  • 2. Benefício Variável Familiar (BVF): acréscimo de R$ 50 para famílias que tenham gestantes, ou crianças e adolescentes entre sete e 18 anos incompletos;
  • 3. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): extra de R$ 50 para que mães de bebês de até sete meses de vida consigam comprar os alimentos adequados para a criança.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.