Cadastro Único libera ótimo comunicado para CPFs com final 0 a 9

Após a inscrição, é possível ter acesso a uma série de programas assistenciais

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) trata-se de um sistema criado pelas autoridades brasileiras para registrar as famílias que vivem na linha da extrema pobreza e mapear suas condições de vida e renda. Assim, ao realizar a inscrição no banco de dados, os cidadãos podem ter acesso a diversas iniciativas assistenciais, como o Bolsa Família, por exemplo.

No entanto, antes de entrarmos em detalhes, vale frisar que o CadÚnico é uma ferramenta de identificação e caracterização socioeconômica das famílias brasileiras menos abastadas financeiramente. Portanto, a plataforma foi criada pelo Governo Federal para conhecer melhor a realidade dos mais vulneráveis e direcionar políticas públicas de forma mais eficiente e precisa.

Dito isso, por meio do CadÚnico, é possível ter acesso a programas e benefícios sociais, bem como isenções e descontos em serviços municipais, estaduais e federais. Ainda, o cadastro é utilizado para ingresso em projetos habitacionais, acesso a concursos públicos com taxa de inscrição gratuita e contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com alíquota menor.

Quais são os presentes concedidos pelo CadÚnico?

O CadÚnico, como mencionado há pouco, permite que os cidadãos de baixa renda acessem uma série de programas e benefícios sociais. Por meio dessas iniciativas, eles podem melhorar de vida e, finalmente, encerrar o ciclo de pobreza. Veja quais são eles abaixo:

  • 1. Bolsa Família: Programa de transferência de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, garantindo um auxílio financeiro mensal;
  • 2. Benefício de Prestação Continuada (BPC): Benefício destinado a idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência que comprovem incapacidade para o trabalho e renda familiar de até um quarto de salário mínimo por pessoa;
  • 3. Minha Casa, Minha Vida: Programa habitacional que oferece condições facilitadas de financiamento para aquisição da casa própria, especialmente para famílias de baixa renda;
  • 4. Tarifa social de energia elétrica e água: Desconto na conta de energia elétrica e água para famílias de baixa renda cadastradas no CadÚnico;
  • 5. Telefone popular: Linha telefônica fixa com tarifa reduzida para famílias de baixa renda;
  • 6. Isenção de taxa de inscrição em concursos públicos e no Enem: Benefício que permite a participação em concursos e no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) sem a necessidade de pagamento de taxa de inscrição;
  • 7. Reserva de vagas no Sisu: Vantagem que garante a reserva de vagas em instituições de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu);
  • 8. Programas de cisternas: Programas de acesso à água potável para famílias que vivem em áreas rurais;
  • 9. Programas de inclusão social: Diversos programas governamentais que visam promover a inclusão social de grupos específicos, como o Programa Criança Feliz e a Carteira do Idoso.

Vale mencionar que essas são apenas alguns exemplos dos benefícios que podem ser desfrutados por meio CadÚnico. Logo, caso deseje fazer parte, é importante ter em mente que cada programa possui suas próprias normas e critérios de elegibilidade, sendo necessário consultar as informações específicas de cada um deles.

Para isso, basta se dirigir até uma unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) ou em postos de atendimento do CadÚnico em sua cidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.