Desenrola Brasil vai até quando? Saiba data final para limpar nome sujo

O prazo de encerramento do programa está cada vez mais próximo

Tendo sido lançado no ano de 2023, o Desenrola Brasil foi criado para facilitar a negociação de dívidas da população brasileira. Por meio do programa, é possível obter grandes descontos e, de quebra, retirar o nome das listas de proteção de crédito, como SPC e Serasa.

Segundo o informe do Governo Federal, a ideia do projeto, além de ajudar os devedores, é aumentar a oferta de crédito no Brasil e fomentar a economia brasileira. Para isso, os inadimplentes contam com diversas facilidades no momento da renegociação da dívida.

Recentemente, as oportunidades de negociação foram aumentadas. Isso porque o Desenrola Brasil passou a realizar negociações de forma presencial — a nova modalidade já está disponível. Para desfrutar dessa grande novidade, o consumidor deve procurar uma agência dos Correios e efetuar a negociação.

O serviço está sendo oferecido de forma gratuita e estará disponível até o dia 28 de março deste ano. Ao chegar no local, o cidadão deverá informar o seu desejo de realizar a negociação e dar continuidade no procedimento.

Como renegociar minhas pendências via Desenrola Brasil?

Vale destacar que o programa está disponível para todos os cidadãos brasileiros com algum tipo de dívida em aberto. Sendo assim, é possível negociar diversos débitos por meio do programa, incluindo pendências com bancos e concessionárias de energia e água, por exemplo.

Os descontos podem chegar a até 96% do valor inicial da dívida. De acordo com o Ministério da Fazenda, pasta chefiada por Fernando Haddad, aproximadamente 12 milhões de brasileiros já realizaram negociações por meio da iniciativa até o momento. Juntas, elas negociaram cerca de R$ 36,5 bilhões em débitos.

As ofertas estão disponíveis online, por meio da plataforma oficial do Desenrola Brasil. Entretanto, como destacado há pouco, é possível realizar a negociação de forma presencial. Neste caso, o inadimplente deve se dirigir até uma das agências dos Correios.

Por lá, não será preciso realizar o pagamento de taxas, tampouco de custos adicionais por conta do atendimento presencial. O pagamento do débito pode ser realizado à vista, o que garante maiores descontos ao devedor. No entanto, se assim desejar, o cidadão também pode parcelar a pendência. Neste caso, ele garante até 60 meses para pagar a dívida.

Demais novidades do programa

No dia 6 de fevereiro deste ano, o Desenrola Brasil começou a ser acessado por meio de plataformas bancárias. O Itaú Unibanco foi a primeira instituição financeira a integrar o aplicativo e site do programa. Dessa forma, os correntistas da companhia que se enquadram na faixa 1 da iniciativa já conseguem ver as ofertas disponíveis.

Quando o cliente acessa a plataforma do banco, ele é redirecionado para o desenrola.gov.br, onde é possível consultar as dívidas e fazer os pagamentos dentro das condições do programa, excluindo a necessidade de efetuar um novo login.

Essa integração só foi possível a partir da Portaria Normativa nº 124 do Ministério da Fazenda, publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 29 de janeiro de 2024, que autorizou parcerias para ampliar o alcance do Desenrola Brasil. No mês passado, foi lançada a primeira parceira do programa, com o Serasa Limpa Nome.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.