PIX de R$ 850 da Caixa somente para este grupo de sortudos

Neste mês de março, milhares de cidadãos vão ser contemplados com um montante extraordinário via Caixa Tem

Como bem sabemos, o Bolsa Família é responsável por ajudar financeiramente mais de 21 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica, concedendo um repasse mínimo de R$ 600 todos os meses.

Porém, certos segurados podem acabar recebendo mais, em especial as mães solteiras devidamente inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que fazem parte do Bolsa Família.

Isso porque o programa de transferência de renda possui uma série de benefícios extras, abrangendo, principalmente, as titulares do auxílio que possuem filhos pequenos. Os valores que são disponibilizados variam de acordo com cada segurado. Cabe destacar que o depósito é feito em conjunto com o montante principal.

Também vale destacar que o dinheiro é liberado por meio da conta da poupança social do Caixa Tem. Para realizar a movimentação financeira é necessário baixar o aplicativo (disponível para Android e iOS). A plataforma permite que o usuário faça pagamentos, transferências e até mesmo solicitar o saque em espécie do auxílio social.

Novos benefícios do Bolsa Família

  • 1. Benefício de Renda de Cidadania: adiciona R$ 142 por membro da unidade familiar;
  • 2. Benefício Complementar: complementa o pagamento de famílias cuja soma dos benefícios não atinja o valor de R$ 600;
  • 3. Benefício Primeira Infância: libera R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos;
  • 4. Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;
  • 5. Benefício Variável Familiar Nutriz: paga um extra de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade;
  • 6. Benefício Extraordinário de Transição: disponível até maio de 2025. Garante que nenhum beneficiário receba quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil.

Regras do Bolsa Família

Os benefícios destacados acima são liberados caso os segurados estejam de acordo com as regras do programa e com seus dados no CadÚnico atualizados. A seguir, saiba quais são as normas de permanência implementadas pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS):

  • 1. Acompanhamento pré-natal (gestantes);
  • 2. Acompanhamento nutricional (tamanho e peso) de crianças menores de sete anos;
  • 3. Estar com a caderneta de vacinação em dia;
  • 4. Garantir a presença escolar mínima de crianças e jovens que não concluíram o ensino básico.

Quando vou receber os R$ 850 do Bolsa Família?

Por fim, confira as datas de pagamento do programa social. Mas antes, vale lembrar que a ordem dos repasses varia de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada segurado:

  • Beneficiários com NIS com final 1: pagamento no dia 15 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 2: pagamento no dia 18 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 3: pagamento no dia 19 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 4: pagamento no dia 20 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 5: pagamento no dia 21 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 6: pagamento no dia 22 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 7: pagamento no dia 25 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 8: pagamento no dia 26 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 9: pagamento no dia 27 de março;
  • Beneficiários com NIS com final 0: pagamento no dia 28 de março.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.