Conheça todas as diferenças entre Salário-Maternidade Urbano e Rural

O salário-maternidade é um benefício previdenciário garantido às trabalhadoras urbanas e rurais durante o período de afastamento do trabalho em razão do parto, adoção ou guarda judicial para fins de adoção. No entanto, existem diferenças significativas entre o urbano e rural, especialmente em relação aos critérios de concessão e cálculo do benefício.

Diferenças do salário-maternidade urbano e rural

Sugestões para você

Descubra como conseguir isenção na compra da primeira…

No caso das trabalhadoras urbanas, o valor do salário-maternidade é calculado com base na média dos últimos 12 salários de contribuição. Isso significa que o benefício corresponderá a uma porcentagem da remuneração que a trabalhadora vinha recebendo antes do afastamento.

Por outro lado, para as trabalhadoras rurais, o valor do salário-maternidade é sempre igual ao salário mínimo, independentemente das contribuições feitas à Previdência Social. Essa diferença ocorre devido às particularidades do trabalho no campo, onde a formalização e a regularidade das contribuições podem ser mais variáveis.

Além disso, as trabalhadoras urbanas que sofrem demissão e engravidam têm até 12 meses, período de graça, para reivindicar o benefício, pois ainda se mantêm na categoria de seguradas. Esse tempo gratuito é fundamental para garantir que as mulheres que perderam o emprego durante a gestação não sejam prejudicadas no acesso ao salário-maternidade.

No entanto, para as trabalhadoras rurais, que não precisam ter carteira assinada ou contribuir para o INSS, a comprovação da carência de dez meses de trabalho no campo é realizada por meio de documentos, como título de propriedade rural e documentos fiscais de entrega de produção a uma cooperativa agrícola.

Em resumo, enquanto o salário-maternidade urbano é calculado com base na média salarial dos últimos 12 meses de contribuição e está sujeito ao período de graça para trabalhadoras demitidas, o salário-maternidade rural é fixado no valor do salário mínimo e sua concessão depende da comprovação da carência de trabalho no campo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.