Acidente aéreo da Latam deixa cerca de 50 pessoas feridas

Na manhã desta segunda-feira (11), um incidente chocante envolvendo um voo da Latam deixou cerca de 50 pessoas feridas. O avião, que partiu de Sydney, na Austrália, com destino a Santiago, no Chile, tinha uma escala planejada em Auckland, na Nova Zelândia.

O voo estava em pleno ar quando o incidente aconteceu, causando tumulto e pânico entre os passageiros. Os feridos foram prontamente atendidos por equipes de emergência assim que o avião pousou. As autoridades ainda estão investigando as causas exatas do incidente, mas relatos iniciais sugerem que pode ter sido devido a problemas técnicos ou turbulência inesperada durante o voo.

Acidente aéreo

Segundo relatos, o Boeing 787 passou por uma diminuição de altitude entre as 2h20 e 2h27 do voo, descendo de 41 mil pés (12.497 metros) para 40.692 pés (12.403 metros), o que representa uma discrepância de 94 metros. Essa mudança súbita de altitude pode ser comparada à altura de um prédio de 31 andares, demonstrando a gravidade do ocorrido.

Além disso, alguns passageiros relataram que houve sangue na parte interna da aeronave, indicando que o incidente causou ferimentos aos passageiros a bordo. Ao todo, aproximadamente 50 pessoas ficaram feridas, com 12 delas necessitando ser encaminhadas para hospitais locais para receber tratamento médico.

O FlightRadar24 escreveu no seu X (ex-Twitter): “Nossos dados não indicam uma perda significativa de altitude durante o voo. [Esse episódio] serve para ressaltar que é mais seguro manter os cintos de segurança afivelados durante o voo enquanto se está sentado.”

Embora não haja indicação imediata de uma queda abrupta que ocorreria em um período mais curto, a mudança significativa na altitude do avião levanta preocupações sobre a segurança durante o voo e a experiência traumática enfrentada pelos passageiros durante essa situação. Passageiros relatam que foram arremessados para o teto da aeronave durante a descida rápida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.