1,7 milhões de trabalhadores podem sacar R$ 1.214 este mês

Veja se você está na lista de beneficiados

O Governo Federal deu o aval para o repasse do primeiro lote do abono salarial PIS/Pasep no dia 15 de fevereiro para os trabalhadores nascidos no mês de janeiro. Cabe destacar que o cronograma vai até agosto com novas liberações, enquanto o saque em espécie poderá ser feito até o dia 27 de dezembro deste ano.

A Caixa Econômica Federal (CEF) é a instituição financeira responsável pelo depósito do Programa de Integração Social (PIS), benefício este que é destinado aos trabalhadores do setor privado. Já o Banco do Brasil (BB) cuida do crédito do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) para os servidores públicos. Apenas na primeira rodada, foram mais de 1,7 milhão de cidadãos beneficiados.

Datas de pagamento do PIS/Pasep

A distribuição do próximo lote está marcada para o próximo dia 15 e vai contemplar os aniversariantes de fevereiro. A partir de abril, serão dois grupos por vez (veja o calendário nas próximas linhas).

Cada banco adotava um cronograma de pagamento diferente até o ano de 2023. Porém, o Governo Federal decidiu unificar os repasses da iniciativa pública e privada. Portanto, neste ano, eles acompanham o mês de nascimento dos trabalhadores. Abaixo, veja as datas:

  • Nascidos em janeiro: saque a partir de 15 de fevereiro
  • Nascidos em fevereiro: saque a partir de 15 de março
  • Nascidos em março e abril: saque a partir de 15 de abril
  • Nascidos em maio e junho: saque a partir de 15 de maio
  • Nascidos em julho e agosto: saque a partir de 17 de junho
  • Nascidos em setembro e outubro: saque a partir de 15 de julho
  • Nascidos em novembro e dezembro: saque a partir de 15 de agosto

Vale frisar que no início da pandemia de COVID-19 os repasses do abono foram suspensos para poupar recursos federais e, consequentemente, atrasou o cronograma fixado. Por conta disso, os pagamentos de 2024 são referentes ao período trabalhado em 2022, e o dinheiro relativo ao ano-base 2023 só deve ser liberado a partir de 2025.

Critérios de elegibilidade. valores a serem recebidos e informações adicionais

Para ser agraciado pelos montantes, é preciso ter trabalhado por, pelo menos, 30 dias em 2022, recebendo em média até dois salários mínimos mensais. Também é necessário ter inscrição no PIS/Pasep há, no mínimo, cinco anos, bem como estar com os dados corretos na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial enviados pelo empregador.

Sendo assim, cada pessoa que cumpre os requisitos estabelecidos pode sacar entre R$ 188 e R$ 1.412 (um salário mínimo), dependendo da quantidade de meses trabalhados no ano-base. Ou seja, o valor cheio é alcançado por aqueles que atuaram durante os 12 meses do ano.

Para mais detalhes sobre o abono salarial do PIS/Pasep, basta baixar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital (disponível para Android e iOS) ou acessar o portal Gov.br. O crédito é concedido pelo banco responsável, com Caixa Econômica Federal sendo a encarregada do PIS e o Banco do Brasil pelo Pasep. Portanto, atente-se a este detalhe e desfrute do seu benefício.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.