Fabricantes de celulares não querem que você saiba deste segredo chocante

Ao seguir as nossas dicas, você pode potencializar a vida útil da bateria; confira

Em um mundo cada vez mais digitalizado devido aos grandes avanços tecnológicos, a relação que temos com nossos celulares tornou-se fundamental durante o dia a dia.

No entanto, existem algumas práticas pouco conhecidas que, se não forem seguidas à risca, podem reduzir drasticamente a vida útil dos nossos aparelhos, em especial a bateria, que é considerada o “coração” do smartphone.

Pensando nisso, nesta matéria, saiba quais são os segredos e, de quebra, aproveite algumas dicas para proteger e potencializar a capacidade de seu dispositivo móvel. Confira.

Cuidados fundamentais para manter a bateria saudável

A bateria de íons de lítio, presente na grande maioria dos smartphones, possui particularidades que demandam atenção redobrada. Um dos maiores erros cometidos pelos usuários é deixar o celular carregando por um longo período de tempo, como durante a noite. Essa prática pode gerar calor excessivo, acelerando o desgaste da bateria.

Logo, para preservar a saúde da sua bateria, a orientação é realizar cargas frequentes, porém curtas, mantendo o nível de carga entre 20% e 80%. Isso evita a sobrecarga e promove um equilíbrio que beneficia a longevidade da bateria. Ao fazer isso constantemente, seu celular vai durar por muito mais tempo.

Práticas prejudiciais

A vida útil da bateria do seu celular é fundamental para manter o dispositivo operacional ao longo do dia. Contudo, existem práticas cotidianas que podem prejudicar significativamente a saúde da bateria, muitas das quais passam despercebidas pela maioria dos usuários. Abaixo, veja quais são esses hábitos e saiba como evitá-los para prolongar a longevidade do componente:

  • 1. Exposição a temperaturas extremas: a bateria do seu celular é extremamente sensível a variações de temperatura. Deixar o aparelho exposto ao sol ou em ambientes mais frios pode causar danos irreversíveis ao smartphone como um todo. Isso porque o calor excessivo faz com que a bateria se degrade mais rapidamente, enquanto o frio pode diminuir temporariamente sua eficiência. O ideal é que seu dispositivo seja mantido em um ambiente com temperatura moderada.
  • 2. Carregamento prolongado: como mencionado há pouco, deixar o celular carregando por um longo período, especialmente durante a noite, é um dos erros mais comuns. As baterias de íons de lítio, que equipam a maioria dos smartphones modernos, sofrem quando mantidas em carga máxima por horas. Isso pode levar ao superaquecimento e, consequentemente, ao desgaste acelerado. A prática recomendada é carregar o telefone até cerca de 80% e desconectá-lo antes de atingir 100%.
  • 3. Usar o celular enquanto ele carrega: utilizar o aparelho enquanto ele está carregando, seja jogando algo ou navegando por aplicativos que demandam muitos recursos, também pode aquecer a bateria e afetar sua vida útil. O aquecimento adicional, combinado com o processo de carregamento, pode deteriorar a capacidade da bateria mais rapidamente do que o normal.
  • 4. Carga partindo do 0%: evitar que a bateria descarregue completamente antes de recarregar é outra dica valiosa. Levar a bateria a 0% antes de cada carregamento pode aumentar o estresse nos componentes da bateria, reduzindo sua capacidade geral ao longo do tempo. A recomendação é iniciar o carregamento quando a bateria atingir aproximadamente 20%.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.