Você pode ganhar o Bolsa Família antecipado; confira se tem direito

O Bolsa Família é o principal programa de transferência do governo federal no Brasil, destinado a auxiliar famílias de baixa renda que se encontram em situação de pobreza e extrema pobreza. Para serem elegíveis ao auxílio, as famílias precisam cumprir certas exigências, sendo a principal delas que a renda mensal por pessoa não ultrapasse R$ 218.

Além do critério da renda, existem outras obrigações que devem ser cumpridas pelas famílias, tais como: realização de pré-natal para gestantes, cumprimento do calendário nacional de vacinação, acompanhamento nutricional para crianças com até sete anos de idade e frequência escolar mínima para crianças e adolescentes de quatro a dezoito anos incompletos.

Antecipação dos valores de fevereiro

Recentemente, os valores do Bolsa Família referentes ao mês de fevereiro foram antecipados para nove cidades no Rio Grande do Sul e uma no Espírito Santo. Esta ação foi tomada para beneficiar municípios que estão numa situação de emergência ou estado de calamidade pública. No total, aproximadamente 1,2 milhão de famílias foram beneficiadas.

As famílias com datas de recebimento agendadas para as segundas-feiras também podem receber antecipadamente, movimentando o valor pelo app Caixa Tem, disponível para Android e iOS, no sábado imediatamente anterior à data. 

Valores adicionais do programa

Além do valor base do programa, que é de R$ 600, o Bolsa Família oferece também três tipos de complementos que dependem da situação familiar. Além do Auxílio Gás, os beneficiários podem receber:

  • Benefício Complementar: complementa o pagamento para famílias cujo total de benefícios não atinja o valor de R$ 600; 
  • Benefício Primeira Infância: disponibiliza R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos; 
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos; 
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um extra de R$ 50 para cada membro familiar com até sete meses de idade.

Consulta do benefício pelo CPF

Para os beneficiários que precisam consultar a situação do Bolsa Família, essa consulta pode ser realizada através do CPF. Para isso, basta acessar o site oficial da Caixa Econômica Federal, clicar na seção “Consultar famílias beneficiárias” e, em seguida, na opção “Consulta por família”.

A consulta também pode ser realizada no aplicativo Bolsa Família, no Caixa Tem, em agências da Caixa ou através dos telefones 111 ou 121.

Calendário de pagamentos do Bolsa Família em fevereiro

Os pagamentos das parcelas de fevereiro do Bolsa Família serão realizados junto com os do Auxílio Gás e de acordo com o último dígito do NIS de cada beneficiário. Confira abaixo as datas dos depósitos restantes:

  • NIS final 6: 23 de fevereiro;
  • NIS final 7: 26 de fevereiro (antecipado para o dia 24/02);
  • NIS final 8: 27 de fevereiro;
  • NIS final 9: 28 de fevereiro;
  • NIS final 0: 29 de fevereiro.

Para receber o benefício, a principal regra é a renda per capita, que significa quanto você e sua família ganham por mês dividido pelo número de pessoas na família. Se a renda mensal per capita for de até R$ 218 (situação de pobreza), a entrada no programa Bolsa Família pode acontecer.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.