Parcelas de R$ 200 e R$ 1.000 vão ser depositadas pela CAIXA em breve

A Caixa Econômica Federal anunciou um benefício que promete auxiliar financeiramente a população brasileira. Estamos falando do recebimento de 9 parcelas de R$ 200,00 e de um bônus generoso de R$ 1.000. Encontramos no banco o pagamento de programas de inclusão, como o Bolsa Família.

Agora é a vez do programa “Pé-de-Meia”, criado com um objetivo bem claro: reduzir a evasão escolar. Trata-se de um projeto voltado a estudantes de baixa renda, com benefícios anuais de R$ 200, e ao final do ciclo escolar, o estudante recebe mais R$ 1.000 como incentivo ao seu esforço e dedicação.

No terceiro ano do ensino médio, os alunos têm um motivo a mais para se dedicar aos estudos: um bônus de R$ 200 ao se inscrever no ENEM.

O programa já teve adesão de 21 estados brasileiros. Isto representa 78% das redes estaduais oferecendo essa etapa de ensino. Até agora, o programa recebeu 108 assinaturas do termo de compromisso.

Além das redes estaduais, municipais e distrital, também podem aderir ao programa as instituições da rede federal, como institutos federais que também oferecem o ensino médio. No total, o MEC espera até 180 adesões para conseguir levar o benefício a todos os estudantes brasileiros que se enquadram no perfil.

Como participar do programa Pé-de-Meia

A regra principal do programa Pé-de-Meia é estar matriculado no ensino médio de uma escola pública e estar cadastrado no CadÚnico, garantindo que o benefício chegue a quem realmente precisa.

Além disso, o estudante deve manter uma frequência mínima de 80% e ser aprovado no final do ano letivo. Também é exigida a participação em exames oficiais, como o Saeb, e, no último ano, o Enem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.