Cuidado! Bolsa Família emite alerta sobre contatos via internet

O Programa Bolsa Família é uma iniciativa do Governo Federal que tem como objetivo principal combater a pobreza e promover a inclusão social. Este projeto é considerado um dos maiores programas de transferência de renda do mundo, beneficiando milhões de famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

O Bolsa Família opera transferindo diretamente recursos financeiros para as famílias inscritas no programa. Esses recursos são disponibilizados mensalmente, e seu valor depende da composição familiar, renda per capita e situação socioeconômica. Para ser inscrita, a família deve estar cadastrada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Tal cadastro deve ser realizado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município onde a família reside.

Benefícios extras do Bolsa Família

Todos os benefícios extras do Bolsa Família são regulamentados por critérios específicos de elegibilidade e requerem que a família mantenha o CadÚnico atualizado. Além do Auxílio Gás, os beneficiários podem receber:

  • Benefício de Renda de Cidadania: R$ 142 por membro familiar; 
  • Benefício Complementar: complementa o pagamento para famílias cujo total de benefícios não atinja o valor de R$ 600; 
  • Benefício Primeira Infância: disponibiliza R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos; 
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos; 
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um extra de R$ 50 para cada membro familiar com até sete meses de idade; 
  • Benefício Extraordinário de Transição: garante que nenhum beneficiário receba em quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil. Este benefício estará disponível até maio de 2025.

Alerta para os beneficiários do programa

O Governo Federal e a Caixa Econômica Federal, responsáveis ​​pelo pagamento do Bolsa Família, fazem contato com os beneficiários apenas por meio de canais oficiais. Portanto, o programa não utiliza SMS ou e-mails para se comunicar com as famílias. A comunicação é feita principalmente por aplicativos oficiais, como o Caixa Tem, e também por meio de correspondências e mensagens no extrato de pagamento.

Vale lembrar que as famílias beneficiadas devem ficar alerta e não clicar em links enviados por SMS ou e-mail alegando ser do programa Bolsa Família, pois podem se tratar de fraudes visando obter informações pessoais e financeiras das vítimas. Caso haja alguma dúvida ou suspeita, as famílias podem denunciar pelo Disque Social 121.

Calendário de pagamentos do Bolsa Família em fevereiro

Os pagamentos das parcelas de fevereiro do Bolsa Família serão realizados junto com os do Auxílio Gás e de acordo com o último dígito do NIS de cada beneficiário. Confira abaixo as datas dos depósitos restantes:

  • NIS final 5: 22 de fevereiro;
  • NIS final 6: 23 de fevereiro;
  • NIS final 7: 26 de fevereiro (antecipado para o dia 24/02);
  • NIS final 8: 27 de fevereiro;
  • NIS final 9: 28 de fevereiro;
  • NIS final 0: 29 de fevereiro.

Para receber o benefício, a principal regra é a renda per capita, que significa quanto você e sua família ganham por mês dividido pelo número de pessoas na família. Se a renda mensal per capita for de até R$ 218 (situação de pobreza), a entrada no programa Bolsa Família pode acontecer.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.