A Ciência nunca conseguiu responder estas 5 perguntas misteriosas

O filósofo francês Claude Lévi-Strauss defendeu que um verdadeiro cientista não é aquele que oferece as respostas corretas, mas quem faz as perguntas certas. Desencadeando descobertas fascinantes e pavimentando novos caminhos de pesquisa, indagações instigantes comprovam a sua essência ao assumirem o centro dos palcos nos ambientes científicos.

Confira a seguir quais são as indagações que, atualmente, mais atormentam a mente dos cientistas contemporâneos:

Qual a verdadeira composição do universo?

Apenas 5% da estrutura do Universo são reconhecidos pela ciência. Este pedaço compreende aos átomos da tabela periódica em associação com suas agregações moleculares e componentes básicos, como prótons, elétrons e nêutrons. Contudo, cerca de 95% do Universo são formados por uma escuridão cósmica compondo matéria e energia negra.

A matéria negra, um manto invisível, apresenta uma influência gravitacional que envolve as galáxias. Por outro lado, a energia negra exerce um empurrão nas galáxias, distanciando-as entre si. Ainda é um enigma para a ciência, identificar a origem da matéria negra e da energia negra.

Será que estamos sós no universo?

Indo além da simples busca por vida extraterrestre, questiona-se se existem outras formas de vida inteligentes além da Terra. Por mais que a busca por vida no cosmos seja constante e detalhada, o silêncio proveniente da imensa vastidão espacial nos provoca a refletir o porquê da ausência de sinais de alienígenas inteligentes, desafiando as nossas concepções acerca da nossa posição no universo.

O que exatamente nos torna humanos?

Quando comparamos a nossa complexidade biológica às demais formas de vida, é inevitável questionar: o que nos torna exclusivamente humanos? Evidenciamos no nosso DNA quase idêntico aos gorilas, na estrutura do nosso córtex frontal e nos diversificados feitos culturais, como a descoberta do fogo e a habilidade de preparar alimentos, a nossa característica humana.

De que maneira o cérebro produz a autoconsciência?

A busca por entender a consciência mergulha profundamente na complexidade do cérebro humano. Intrigam-nos questões como de que maneira o organismo gera a sensação única de individualidade, e se este processo pode ser replicado por meio de máquinas. A interseção entre a consciência e a física quântica chama atenção por propor um novo olhar para a mente humana.

Existem outros universos?

Além do nosso, poderiam existir outros universos? Teorias modernas da física e cosmologia já levantam essa possibilidade. A hipótese de dimensões cósmicas alternativas, com propriedades distintas às nossas, desafia as antigas concepções de singularidade cósmica. Esta busca por outros universos paralelos suscita perguntas sobre a legitimidade científica dessa hipótese.

No processo de encontrar respostas apropriadas, é inegável que muitas das descobertas científicas mais instigantes foram provocadas por questionamentos intrigantes. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.