Fake News: notícia sobre aumento da aposentadoria é negada

Em uma época em que as notícias correm com um clique, as redes sociais foram palco para a propagação de uma falsa notícia sobre a aposentadoria. De acordo com um suposto decreto, algumas pessoas acometidas por certas doenças teriam o direito à aposentadoria por invalidez. No entanto, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já declarou que essa alegação é uma farsa.

O veículo para perpetrar este boato é um vídeo que tem aparecido em contas do Facebook e Instagram com informações enganosas e falsas. Neste vídeo, consta a imagem do presidente Lula e do ministro da Casa Civil, Rui Costa. A falsa notícia alegava que pessoas com hérnia de disco, depressão e diabetes estariam autorizadas a se aposentar por invalidez. O suposto ‘decreto’ teria sido publicado em 31 de janeiro de 2024.

Alerta do INSS

O Instituto Nacional de Seguro Social, confrontando a onda de desinformação, já havia emitido um aviso previamente em junho do ano passado afirmando que a notícia é falsa. Notoriamente, não há uma lista de doenças que garanta o benefício de invalidez. A aposentadoria por invalidez é concedida pelos peritos do instituto após uma avaliação minuciosa do paciente, respondendo ao pedido de Benefício de Incapacidade Temporária.

Como acessar o Benefício de Incapacidade Temporária

O Benefício de Incapacidade Temporária (antigo auxílio-doença) é recomendado pelos peritos do instituto. Esse benefício é destinado aos profissionais que, por motivos de saúde, precisam se afastar do trabalho por mais de 15 dias. A solicitação deve ser feita online, através do site Meu INSS.

Contudo, é importante lembrar que a existência de uma doença não garante acesso a essa aposentadoria e não há uma lista completa oficial. A concessão somente é dada após análise realizada pelos peritos do INSS. Portanto, é essencial estar sempre ciente e se proteger contra esse tipo de notícias falsas que circulam na internet.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.