Saiu a melhor notícia do ano! Valor maior confirmado do Bolsa Família

Os cidadãos agraciados pelo programa estão eufóricos com a novidade revelada pelo Governo Federal; confira

Os beneficiários do Bolsa Família têm motivos de sobra para comemorar neste mês, uma vez que o Governo Federal confirmou o repasse de benefícios adicionais. Sendo assim, milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica inscritas no programa vão receber uma grana extra para equilibrar as finanças e suprir suas necessidades básicas.

No entanto, para ser contemplado pelo montante mínimo de R$ 600 e pelas quantias adicionais, é de suma importância que o responsável familiar e seus dependentes estejam em dia com o Cadastro Único para Programas Sociais de Governo Federal (CadÚnico), isto é, com seus dados 100% atualizados. Com isso em mente, a seguir, veja quais são os benefícios extras.

Bolsa Família incrementa benefício de seus segurados

  • 1. Benefício Primeira Infância (BPI): adicional de R$ 150 para cada criança de zero a sete anos incompletos. Vale frisar que o BPI é limitado a dois dependentes, ou seja, o máximo que pode-se obter é R$ 300;
  • 2. Benefício Variável Familiar (BVF): acréscimo de R$ 50 para cada gestante ou criança e adolescente na faixa etária de sete a 18 anos incompletos;
  • 3. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): repasse de R$ 50 para seguradas do Bolsa Família que tenham filhos com até seis meses de vida (nutriz);
  • 4. Vale-Gás (ou Auxílio Gás): o benefício concede R$ 102 para que os cidadãos de baixa renda possam adquirir um botijão de gás de 13 kg. É importante ter em mente que ele é depositado bimestralmente, isto é, a cada dois meses, junto do auxílio do Bolsa Família.

Quando começa a nova rodada de pagamentos?

Como de praxe, os repasses que competem ao Bolsa Família acontecem nos últimos 10 dias úteis de cada mês. Além disso, a ordem dos depósitos segue de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada segurado. Dito isso, confira o calendário de fevereiro:

  • Beneficiários com NIS final 1: depósito no dia 16 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 2: depósito no dia 19 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 3: depósito no dia 20 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 4: depósito no dia 21 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 5: depósito no dia 22 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 6: depósito no dia 23 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 7: depósito no dia 26 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 8: depósito no dia 27 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 9: depósito no dia 28 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 0: depósito no dia 29 de fevereiro.

Por fim, mas não menos importante, salientamos a importância do CadÚnico, que serve como um banco de dados para o Governo Federal monitorar e inserir os cidadãos mais necessitados em seus programas assistenciais. A falta de atualização cadastral acarreta em problemas, como a suspensão do benefício.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.