Quer receber o Bolsa Família turbinado em fevereiro? Veja se tem direito

Se você está interessado em ingressar no programa, confira todos os critérios de elegibilidade fixados pelo Governo Federal.

Neste ano, milhares de famílias brasileiras buscam apoio nos programas assistenciais criados pelo Governo Federal, como o Bolsa Família. Com a chegada do mês de fevereiro, os interessados em fazer parte da iniciativa estão se perguntando se ainda é possível ingressar no projeto e serem contemplados pelo benefício.

Como é de se imaginar, a questão é extremamente relevante para os cidadãos que, até o momento, não fazem parte do Bolsa Família, mas encontram-se em situação de vulnerabilidade social e econômica. Dito isso, a seguir, confira os principais detalhes sobre os requisitos de inscrição, o calendário de pagamentos e muito mais.

Bolsa Família: requisitos para ingressar no programa

Para se tornar elegível ao Bolsa Família, os interessados devem atender certos critérios. Sendo eles:

  • 1. Renda familiar: a renda mensal per capita, isto é, por pessoa, deve ser de até R$ 218;
  • 2. Gestão familiar: a prioridade é dada a famílias com gestantes, lactantes, crianças e adolescentes em suas composições;
  • 3. Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico): as famílias interessadas devem estar inscritas no CadÚnico e manter os dados cadastrais atualizados;
  • 4. Atualização cadastral: manter as informações atualizadas no CadÚnico é de suma importância para garantir a continuidade do auxílio. A atualização deve ser feita a cada dois anos ou sempre que acontecer mudanças significativas no núcleo familiar.

Ainda posso me inscrever e receber o auxílio de fevereiro?

Aqueles que cumprem os requisitos mencionados há pouco podem se inscrever no Bolsa Família a qualquer momento. No entanto, como a aprovação demanda tempo, a concessão pode ser confirmada após os pagamentos de fevereiro. O processo de inscrição no programa é um tanto quanto prático e envolve os seguintes passos:

  • 1. Cadastro no CadÚnico: o primeiro passo é se registrar no banco de dados, que pode ser feito no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou em postos de atendimento da prefeitura de seu município;
  • 2. Agendamento e atendimento: em certos casos, será preciso agendar um horário para atendimento no CRAS;
  • 3. Análise de dados: as informações coletadas serão analisadas para verificar se a família atende aos requisitos do Bolsa Família;
  • 4. Resultado e benefício: caso a família se qualifique, será incluída no programa e começará a receber o benefício mensal.

Calendário de fevereiro do Bolsa Família

Neste mês, assim como aconteceu no ano passado, os repasses do programa foram estipulados de acordo com último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos segurados. Abaixo, confira o cronograma completo:

  • NIS final 1: pagamento no dia 16 de fevereiro;
  • NIS final 2: pagamento no dia 19 de fevereiro;
  • NIS final 3: pagamento no dia 20 de fevereiro;
  • NIS final 4: pagamento no dia 21 de fevereiro;
  • NIS final 5: pagamento no dia 22 de fevereiro;
  • NIS final 6: pagamento no dia 23 de fevereiro;
  • NIS final 7: pagamento no dia 26 de fevereiro;
  • NIS final 8: pagamento no dia 27 de fevereiro;
  • NIS final 9: pagamento no dia 28 de fevereiro;
  • NIS final 0: pagamento no dia 29 de fevereiro.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.