Atualize o CadÚnico e Garanta Pagamento Extraordinário: Veja Como

Veja como é possível fazer e atualizar o Cadastro Único, processo que pode desbloquear benefícios altos para os cidadãos.

O Cadastro Único, CadÚnico, é a inscrição necessária para as famílias de baixa renda terem acesso aos programas e benefícios sociais do governo.

Com o cadastramento é possível entrar no Bolsa Família, caso também atenda a regra que define o limite para a renda familiar mensal.

Além de estar devidamente inscrita no CadÚnico, a família terá acesso ao benefício apenas se a renda familiar de cada integrante for de até R$ 218 por mês. É importante ressaltar que o Cadastro Único é necessário tanto para entrar no programa, quanto para continuar recebendo o Bolsa Família.

Assim, para se cadastrar procure um CRAS, Centro de Referência da Assistência Social, mais próximo, levando seu CPF ou Título de Eleitor, além de um documento de cada pessoa da família.

Como receber parcelas turbinadas pelo CadÚnico?

Após ser incluída no programa Bolsa Família, a família beneficiária vai passar a receber os pagamentos mensais conforme a sua composição.

Dessa forma, para garantir que vai receber todos os valores que possui direito ela deve manter o Cadastro Único sempre atualizado, o que também pode ser feito em um CRAS.

Caso cumpra os critérios para ter direito aos valores adicionais do programa, com os dados do CadÚnico atualizados a família poderá receber parcelas maiores. Confira os valores que deve receber através do Bolsa Família:

  • R$ 600 é garantido pelo Benefício Complementar, ele complementa a parcela de famílias menores para garantir a parcela mínima;   
  • R$ 150 do Benefício Primeira Infância, pago para cada criança entre 0 (zero) e 6 anos de idade;   
  • R$ 142 do Benefício de Renda de Cidadania, pago para cada integrante da família, de qualquer idade;   
  • R$ 50 do Benefício Variável Familiar, liberado para cada gestante e/ou criança e adolescente com idade entre 7 e 18 anos;
  • R$ 50 do Benefício Variável Familiar Nutriz, pago para cada membro da família que tenha até sete meses incompletos (nutriz). 
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.