Pagamento turbinado do Bolsa Família R$ 100 + R$ 600 + R$ 200

Milhares de beneficiários do programa assistencial vão ser agraciados com valores adicionais

Neste mês de fevereiro, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), pasta responsável por administrar o Bolsa Família, principal programa de transferência de renda do país, vai efetuar os repasses do benefício assistencial para mais de 21 milhões de brasileiros.

Além do valor fixo de R$ 600, concedido a todos os segurados do programa, certos beneficiários serão agraciados com valores adicionais, em especial aqueles que possuem filhos. Com isso em mente, a seguir, veja quais são os montantes extras, quem tem direito e quando eles serão liberados na poupança social do Caixa Tem.

Incrementos no benefício

  • 1. Benefício Primeira Infância (BPI): acréscimo de R$ 150 para núcleos familiares que tenham crianças de zero a seis anos. Cabe destacar que o benefício em questão é limitado a dois, ou seja, o valor máximo é de R$ 300;
  • 2. Benefício Variável Familiar (BVF): adicional de R$ 50 para famílias com gestantes ou crianças e adolescentes na faixa etária entre sete e 18 anos incompletos;
  • 3. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): concede R$ 50 para beneficiárias com bebês de até seis meses de vida (nutriz);
  • 4. Vale-Gás: pago bimestralmente, isto é, a cada dois meses, o benefício concede R$ 102. O montante é destinado para obtenção de um botijão de gás de 13 kg. Cabe destacar que a quantia varia, uma vez que ela é baseada no valor médio nacional.

Datas de pagamento

Assim como aconteceu no ano passado, os repasses do benefício seguem de acordo com o último dígito do Número de Inscrição Social (NIS) do titular do Bolsa Família. Com isso em mente, abaixo, confira o cronograma de pagamentos que compete ao mês de fevereiro:

  • Beneficiários com NIS final 1: depósito no dia 16 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 2: depósito no dia 19 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 3: depósito no dia 20 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 4: depósito no dia 21 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 5: depósito no dia 22 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 6: depósito no dia 23 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 7: depósito no dia 26 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 8: depósito no dia 27 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 9: depósito no dia 28 de fevereiro;
  • Beneficiários com NIS final 0: depósito no dia 29 de fevereiro.

Por fim, mas não menos importante, cabe destacar que o repasse será garantido apenas para os inscritos no Bolsa Família que estejam com inscrição ativa no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Em outras palavras, o dinheiro é concedido apenas se os dados do segurado estiverem em dia. A medida do MDS tem como objetivo destinar o auxílio para quem realmente precisa, ou seja, para famílias que se encontram em situação de extrema pobreza.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.