Nova tabela do Bolsa Família é divulgada com valores turbinados

Uma surpresa positiva aguarda uma série de beneficiários do programa Bolsa Família no mês de fevereiro. De acordo com o calendário definido pelo Governo Federal, o valor a ser liberado será incrementado com o pagamento do Auxílio Gás. O acréscimo faz parte de um pacote de benefícios extras liberados de maneira bimestral para as famílias que fazem parte do programa Bolsa Família.

Esse benefício adicional, que será liberado mais uma vez em fevereiro, consiste em uma parcela extra destinada à compra de um botijão de gás. O pagamento será distribuído junto à parcela principal do Bolsa Família e estará disponível para saque ou transferência através da poupança social do Caixa Tem.

Calendário de pagamentos do Bolsa Família em fevereiro

O calendário de pagamentos se inicia no dia 16 de fevereiro e se estende até 29 de fevereiro, conforme a seguinte distribuição:

  • NIS terminado em 1: pagamento em 16 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 2: pagamento em 17 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 3: pagamento em 20 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 4: pagamento em 21 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 5: pagamento em 22 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 6: pagamento em 23 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 7: pagamento em 24 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 8: pagamento em 27 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 9: pagamento em 28 de fevereiro; 
  • NIS terminado em 0: pagamento em 29 de fevereiro.

Principais benefícios extras do Bolsa Família

Todos os benefícios extras do Bolsa Família são regulamentados por critérios específicos de elegibilidade e requerem que a família mantenha o CadÚnico atualizado. Além do Auxílio Gás, os beneficiários podem receber:

  • Benefício de Renda de Cidadania: adiciona R$ 142 por membro familiar; 
  • Benefício Complementar: complementa o pagamento para famílias cujo total de benefícios não atinja o valor de R$ 600; 
  • Benefício Primeira Infância: disponibiliza R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos; 
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos; 
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um extra de R$ 50 para cada membro familiar com até sete meses de idade; 
  • Benefício Extraordinário de Transição: garante que nenhum beneficiário receba em quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil. Este benefício estará disponível até maio de 2025.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.