Presença de chumbo nos copos Stanley afeta a saúde?

Em nota, a companhia admite a presença do composto químico, mas garante que não há risco de contaminação

Uma publicação no TikTok, a famosa rede social chinesa de vídeos curtos, desencadeou uma série de denúncias sobre o famoso copo da marca Stanley, fabricado pela Pacific Market International. Diversos influenciadores digitais testaram a composição química do item para a presença de chumbo e constataram que a substância está presente no fundo do produto.

À CNN Internacional, a empresa emitiu uma nota admitindo que seus copos contêm chumbo, mas assegurou que o metal não entra em contato com o líquido. “O chumbo faz parte do processo de vedação, mas o copo é coberto por uma camada de aço inoxidável que torna inacessível aos consumidores“, disse a companhia no comunicado.

Quais são os sintomas de intoxicação por chumbo?

Como bem sabemos, o chumbo é um metal pesado e tóxico para humanos, mesmo em pequenas doses. Antes da ciência descobrir o perigo da substância, ela foi base para a fabricação de inúmeros utensílios, incluindo talheres.

Pelo fato do metal não ser processado pelo organismo, ele se aloja nos órgãos, em especial no cérebro, fígado e rins. Por conta disso, ele acaba afetando o sistema nervoso, gerando dores de cabeça intensas e, em alguns casos, levar a alteração de personalidade.

Outros sintomas de intoxicação por chumbo são sensação de fraqueza e enjoos, cólicas abdominais, mudanças no trato intestinal, falta de apetite e constante gosto metálico na boca. O impacto à saúde depende diretamente da quantidade acumulada no organismo, mas não existe nenhum nível que os médicos consideram saudável.

Vale destacar que o chumbo foi completamente excluído de produtos industrializados no Brasil nos anos 1990. Até a data em questão, a gasolina automotiva era aditivada com o elemento químico — após a descoberta dos malefícios causados, o metal foi substituído por outros aditivos.

Afinal, a presença de chumbo no copo Stanley é prejudicial à saúde?

De acordo com especialistas consultados pela CNN, se o item estiver em perfeitas condições, o uso do copo não traz risco à saúde. No entanto, caso a embalagem seja violada, os consumidores podem ser contaminados pelo chumbo.

A fabricante do copo Stanley garantiu que seus produtos têm garantia vitalícia e que se a base do copo se soltar e a vedação for exposta, os consumidores podem solicitar um novo produto. Ainda, a companhia diz estar estudando o uso de outros metais para fazer o isolamento térmico dos copos.

Ainda segundo a empresa responsável pela fabricação dos copos, seus produtos cumprem todas as normas regulatórias dos Estados Unidos, e que realiza testes e validações por meio de laboratórios terceirizados credenciados pela FDA (agência de vigilância sanitária estadunidense, semelhante à Anvisa).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.