Brasileira é flagrada transportando 130 sapos venenosos em aeroporto

No Aeroporto Internacional El Dorado, na capital da Colômbia, Bogotá, a Polícia Nacional fez uma apreensão de 130 sapos venenosos, conforme foi noticiado pelas autoridades. O caso aconteceu na última segunda-feira (29).

Os anfíbios foram descobertos durante a inspeção de bagagens de uma cidadã brasileira que estava viajando para o Brasil via Panamá. Surpreendentemente, os sapos estavam escondidos dentro de latas de filme fotográfico.

Alerta para transporte de animais

O Ministério do Meio Ambiente de Bogotá destacou a seriedade dessa infração e alertou para as consequências legais severas. A punição por transporte de sapos venenosos pode chegar a mais de 56 milhões de pesos colombianos, cerca de 70 mil reais, visando desencorajar o tráfico de animais, especialmente espécies perigosas como essas.

Adriana Soto, ministra do Meio Ambiente, revelou que “essas rãs eram originárias de Narino. A cidadã brasileira disse ter recebido os sapos de uma comunidade local”. Se confirmado, o envolvimento da comunidade local pode ampliar a investigação para identificar os responsáveis pela entrega dos sapos.

Exames preliminares dos espécimes indicaram que estavam desidratados e estressados. As autoridades estão dedicando esforços para reverter essa condição e restaurar o bem-estar dos animais apreendidos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.