Kamila Valieva, Ouro nos Jogos de Inverno 2022, É Suspensa por Uso de Doping

A patinadora artística russa Kamila Valieva enfrenta uma suspensão de quatro anos após testes antidoping detectarem o uso de substâncias proibidas. A decisão foi anunciada pelo Tribunal Arbitral do Esporte (CAS) nesta segunda-feira (29), com validade retroativa a partir de 25 de dezembro de 2021, data em que Valieva testou positivo durante o Campeonato Russo.

A sanção imposta pelo CAS inclui a anulação de todos os resultados conquistados por Valieva desde o momento do teste positivo. Isso inclui sua participação nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim 2022, onde ela conquistou uma medalha de ouro por equipes em circunstâncias controversas.

Perda das medalhas

O caso de Valieva ganhou destaque durante os Jogos de Pequim, quando seu resultado positivo foi divulgado, levando o Comitê Olímpico Internacional a reter a distribuição das medalhas da prova por equipes.

Agora, a organização e a União Internacional de Patinação estão sob pressão para determinar se a Rússia perderá o ouro obtido nessa competição. Se confirmada a perda, os Estados Unidos seriam promovidos ao primeiro lugar, seguidos pelo Japão com a prata e o Canadá com o bronze.

Na época do exame antidoping, Kamila Valieva tinha 15 anos. Atualmente, aos 17, ela enfrenta a perda de medalhas e títulos, incluindo o ouro conquistado no individual feminino do Campeonato Europeu de 2022. Até o momento, a patinadora não se pronunciou sobre o ocorrido, mas tem a opção de entrar com recurso no prazo de 30 dias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.