Não é a geladeira: você vai se surpreender com o grande vilão da energia

Saiba qual é o aparelho de casa que utiliza mais energia para não ter surpresas na conta de luz do final do mês.

O gasto de energia é algo que pode pesar bastante nas despesas de um lar, a depender do consumo. Apesar de muitos aparelhos não serem utilizados com frequência, eles podem consumir energia de forma mais passiva por estarem apenas ligados em uma tomada. No entanto, mesmo que muitos pensem que itens como geladeira podem ser os maiores vilões da conta de luz, existem outros equipamentos que podem pesar mais nesse momento.

Hábitos básicos, como desligar a luz quando não estiver utilizando ou simplesmente tirar equipamentos da tomada, como carregadores de celular e notebook, televisores, ventiladores e outras coisas mais, podem ser bastante úteis para reduzir seus custos mensais com energia.

O consumo de energia pode estar atrelado a diversos fatores. Em cidades quentes, por exemplo, o uso constante de ventiladores e ar-condicionado é o que pode gerar uma maior despesa na conta de luz, especialmente em períodos como o verão. Por outro lado, nas cidades mais frias, o uso de aparelhos aquecedores e de chuveiros elétricos também podem acabar influenciando bastante.

Qual é o item que mais consome energia?

De acordo com a Enetec Consultoria em Engenharia Elétrica da UnB (Universidade de Brasília), como existem diversos tipos de ar-condicionado no mercado, o consumo mensal de energia do aparelho pode variar bastante, indo de 129 a 679 kWh (quilowatt-hora). No caso de um ar-condicionado do tipo split, caso ele fique ligado 8 horas por dia durante os 30 dias de um mês, ele pode representar um consumo mensal médio de energia de 194 kWh, de acordo com a consultoria.

Isso pode representar mais que o dobro do consumo de um chuveiro elétrico que fique ligado 30 minutos por dia. Dessa forma, o ar-condicionado é o primeiro vilão da conta de luz para muitas famílias, enquanto que o chuveiro elétrico pode ser o segundo, a depender do consumo.

Para quem quer continuar utilizando o ar-condicionado sem gastar muito, as principais indicações são: manter o termostato de seu aparelho sempre regulado (a temperatura indicada para a maioria dos ambientes é de 23ºC); manter portas e janelas fechadas para que o ar fique concentrado no espaço; colocar o aparelho no alto; utilizar a potência certa; utilizar a função sleep; deixar a parte externa sempre na sombra; manter o aparelho sempre limpo.

No caso do chuveiro elétrico, é necessário colocar o equipamento no modo verão; reduzir o tempo de banho; nunca utilizar uma resistência queimada; manter as saídas de água do chuveiro limpas; e fechar o chuveiro para procedimentos mais demorados. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.