SISU divulga lista de faculdades que abriram vagas para 2024

O Sisu de 2024 chega com diversas modificações, desde o numero de vagas disponíveis até a política de cotas. Cerca de 127 universidades abrirão vagas

O início de um ano novo carrega consigo a expectativa de mudanças expressivas na trajetória de numerosos estudantes brasileiros. Entre as expectativas mais aguardadas está a divulgação da lista de instituições de ensino superior que participarão do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em 2024.

Uma alteração significativa para os aspirantes é que, a partir de 2024, o Sisu será realizado apenas uma vez por ano. Prevendo isso, o programa costumava oferecer vagas tanto para o primeiro quanto para o segundo semestre, permitindo duas chances de ingresso ao longo do ano.

Lista de vagas

Em 2024, 127 universidades em todo o país se uniram para colaborar na oferta de um notável total de 264.360 vagas. Desse montante, 121.750 são dedicadas a cotas, garantindo o acesso à educação de qualidade a estudantes de diversos grupos sociais.

Além disso, há 19.899 vagas reservadas para ação afirmativa, seguindo as políticas de cada instituição. As instituições de nível superior que mais estão ofertando vagas são:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ): 9.240 vagas
  • Universidade Federal Fluminense (UFF): 8.788 vagas
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB): 7.750 vagas
  • Universidade Estadual da Paraíba (UEPB): Quase 6 mil vagas
  • Universidade Estadual do Piauí (Uespi): 4.215 vagas
  • Universidade do Estado da Bahia (Uneb): 2.610 vagas
  • Faculdade Municipal de Educação e Meio Ambiente (Fama), Paraná: 86 vagas

Lei de cotas

Em novembro de 2023, o governo promoveu alterações adicionais no Sisu ao aprovar a nova Lei de Cotas, trazendo as seguintes modificações significativas:

  • Renda Familiar: Implementação de uma reserva de 50% das vagas para estudantes com renda familiar de até um salário mínimo, ajustado para R$ 1.320, em comparação ao valor anterior de um salário mínimo e meio, que era R$ 1.980.
  • Avaliação Periódica: A avaliação do programa será realizada a cada 10 anos, com ciclos anuais de monitoramento.
  • Quilombolas: Destaque para a reserva proporcional de vagas para quilombolas, considerando a representação dessas comunidades na população de cada estado.
  • Inclusão em Pós-Graduação: Implementação de políticas de inclusão em programas de pós-graduação direcionadas para pretos, pardos, indígenas, quilombolas e pessoas com deficiência.
  • Concorrência: Alteração na forma de concorrência às vagas, com os candidatos competindo inicialmente pelas vagas de ampla concorrência. Candidatos que não atingirem a nota necessária passarão a concorrer às vagas reservadas pela Lei de Cotas.

SISU

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é uma plataforma centralizada que reúne as vagas disponibilizadas por instituições públicas de ensino superior, abrangendo instituições federais, estaduais e municipais. Para participar, os estudantes precisam ter participado da última edição do Enem e assegurar que não tenham obtido nota zero na prova de redação.

Ao longo do processo de inscrição, os candidatos têm a possibilidade de escolher até duas opções de cursos para disputar vagas. Diariamente, a nota de corte de cada curso é divulgada, considerando as notas dos candidatos inscritos até aquele momento. É importante destacar que os estudantes podem modificar suas escolhas de curso até o último dia de inscrição.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.