Como guardar dinheiro ganhando pouco em 2024?

Com disciplina e planejamento, é possível poupar uma grana e construir sua reserva financeira

Apesar de um cenário econômico conturbado, nesta matéria, vamos te ajudar a poupar uma boa grana. Aqui, você encontra algumas dicas simples, desde economizar no supermercado até saber como usar aplicativos em seu celular para organizar seu orçamento.

Afinal, como bem sabemos, cada centavo conta na hora que a palavra “economia” aparece. Dito isso, a seguir, aprenda a guardar dinheiro mesmo ganhando pouco e comece a ter uma vida financeira mais segura.

Dicas para guardar dinheiro

Guardar uma grana quando se ganha pouco pode parecer um grande desafio. No entanto, com disciplina, planejamento e algumas estratégias, é possível economizar e construir uma boa reserva financeira.

  • 1. Faça uma lista com os gastos mensais

Fazer uma lista com seus gastos é uma estratégia eficaz para economizar dinheiro e ter um controle mais preciso das suas despesas. Ao fazer isso, é possível ter uma visão detalhada das suas despesas, deixando-o mais consciente sobre para onde vai seu dinheiro no mês, o que também ajuda a ver onde é possível realizar cortes de gastos.

Além disso, ter uma lista de gastos regulares ajuda você a se planejar financeiramente. Isso permite que você distribua sua renda de forma mais equilibrada, garantindo que você tenha dinheiro suficiente para cobrir esses gastos sem se endividar.

Ao revisar seus gastos, é possível identificar oportunidades para economizar. Para facilitar o entendimento, vamos a exemplo: na lista, você pode encontrar serviços que não utiliza com frequência e cancelá-lo. Além disso, pode comprar preços e buscar alternativas mais baratas, como na hora de ir ao supermercado.

  • 2. Tente manter as dívidas sempre em dia

Quando se ganha pouco, liquidar pendências pode ser um bicho de sete cabeças, mas vai te ajudar a desenvolver uma boa economia. Sendo assim, comece identificando aquelas com taxas de juros mais altas e tente pagar essas primeiro. Pode ser a dívida do cartão de crédito ou do empréstimo pessoal. Ao focar nisso, você vai evitar que os juros acumulados comprometam uma parte do seu orçamento mensal.

A sugestão é tentar negociar com os credores. Logo, entre em contato com eles, explique sua situação financeira e demonstre sua vontade de pagar o que deve. Muitas vezes, as instituições credoras estão dispostas a renegociar os termos da dívida, oferecendo planos de pagamento mais flexíveis ou reduzindo as taxas de juros. Em outras palavras, com a ausência de dívidas, mais dinheiro sobrará para você começar a fazer sua reserva financeira.

  • 3. Use aplicativos de gestão financeira

Por fim, recomendamos usar e abusar de plataformas de controle de orçamento. Anotar tudo o que se gasta no mês permite que você tenha uma visão clara da sua situação. Ao acompanhar todas as despesas e comparar com sua renda, você poderá identificar para onde seu dinheiro está indo. Para te ajudar nessa empreitada, recomendamos os seguintes aplicativos: Organizze, Mobills e Minhas Economias, todos disponíveis para Android e iOS.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.