Contaminação microbiológica é identificada em lotes de carne

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) identificou contaminação biológica em lotes de uma popular marca de carne.

Uma popular marca de carne comercializada no Brasil teve contaminação microbiológica identificada em lotes de sua produção. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou no Diário Oficial da União (DOU) a Resolução nº 2037, de 6 de junho de 2023. Com isso, fica proibida a distribuição, comercialização e uso de vários lotes de hambúrgueres congelados de carne bovina da marca Estrela Alimentos, da empresa Frigoestrela.

Essa contaminação microbiológica pode causar sérias doenças e também a morte dos consumidores, e por esse motivo, a Frigoestrela emitiu um comunicado em que instrui as pessoas a colaborar com o recolhimento voluntário desses lotes. Os produtos afetados incluem diferentes embalagens e pesos, todos detalhados no comunicado oficial da empresa.

De acordo com especialistas, o consumo de carne contaminada não só é um risco imediato para a saúde humana, como também pode ter consequências a longo prazo. Isso porque, nesse tipo de contaminação, podem estar abrigadas bactérias, vírus ou até mesmo parasitas. Com isso, podem ser causadas doenças graves, como intoxicação alimentar, com sintomas que variam de dores estomacais e vômitos a condições mais sérias, exigindo hospitalização.

Anvisa suspende lotes de popular marca de carne após contaminação

Os órgãos de saúde destacam que é importante que os cidadãos não consumam carnes compradas em abate clandestino, visto que a contaminação pode ocorrer neste processo ou até mesmo no transporte, por conta de falta de higiene. Isso porque, em muitos destes locais, a carne não passa por uma inspeção adequada, e isso por si só se torna um risco para o consumidor.

A interdição de uma marca popular de carne pela Anvisa serve para lembrar aos cidadãos de que segurança alimentar é algo muito sério, e por isso, deve ser levado em conta o estado da carne antes de consumi-la. Além disso, é importante seguir as orientações para a devolução de produtos de lotes contaminados.

Mesmo que os riscos imediatos do consumo sejam superados, a exposição contínua a alimentos contaminados pode afetar o sistema imunológico e aumentar a vulnerabilidade a outras doenças. De acordo com o comunicado da Anvisa realizado em junho, os lotes contaminados foram fabricados nas datas de 01/02/2023, 06/02/2023 e 13/02/2023. Os lotes proibidos foram: 12009010223, 12018060223, 12018130223, 12034060223, 12034130223 e 12039130223.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.