Concurso Nacional Unificado anuncia 6.640 vagas em 21 órgãos

O concurso nacional unificado proposto pelo Ministério da Gestão e Inovação poderá acontecer entre fevereiro e março de 2024.

Um concurso unificado que será realizado no próximo ano contará com cerca de 6.640 vagas em 21 órgãos de nível federal. As oportunidades estão disponíveis para áreas como engenharia, psicologia e outros tipos de possibilidades.

A iniciativa foi proposta pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, que anunciou que o concurso deverá ser realizado somente entre fevereiro e março de 2024. Os salários podem chegar a até R$ 22,9 mil, e já foi divulgado que a banca organizadora será a Fundação Cesgranrio.

De acordo com o que já foi divulgado pelo Governo Federal, o Concurso Nacional Unificado terá a realização das provas em cerca de 180 cidades brasileiras. O governo selecionou municípios que possuem mais de 100 mil habitantes para escolher os locais em que o concurso ocorrerá.

Concurso Nacional Unificado será realizado entre fevereiro e março

Segundo a comissão organizadora, os municípios selecionados que não tiverem estrutura suficiente para a realização do concurso terão as provas aplicadas em cidades próximas. Será possível concorrer a várias vagas dentro de uma mesma área de atuação, e todos os candidatos irão pagar uma taxa única para a inscrição.

Essa área de atuação deverá ser escolhida pelos candidatos do concurso durante a inscrição, e também será necessário indicar seu cargo/carreira por ordem de preferência entre as vagas disponíveis dentro daquela área de atuação. Ainda de acordo com a banca organizadora, a prova será aplicada apenas em um único dia, em duas etapas. A primeira etapa será formada por questões objetivas que serão comuns a todos os candidatos. Já na segunda etapa, haverá questões específicas e dissertativas voltadas para cada área de atuação.

Para preencher as vagas, a banca irá avaliar o desempenho do candidato na prova e também a ordem de preferência que ele determinou para os cargos. Após a prova, os órgãos poderão agregar segundo seu critério ou por determinação legal de carreiras específicas, pontuações relativas à titulação acadêmica, experiência profissional, apresentação de memoriais, provas práticas e outras coisas mais.

O concurso unificado já havia sido anunciado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos em outubro deste ano, com a previsão de participação de 20 órgãos federais. Ainda segundo a pasta, os novos servidores poderão tomar posse até agosto do próximo ano. Também havia sido adiantado que o concurso poderia ocorrer no dia 25 de fevereiro de 2024 e que a publicação geral dos resultados ocorra em abril do mesmo ano.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.