Juros do consignado do INSS começam a ter limite de 1,8%

Os juros do empréstimo consignado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começará a ter um limite de 1,8% ao mês.

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é o órgão responsável pelo pagamento de aposentadorias e pensões em todo o Brasil, além de outros tipos de benefícios previdenciários, como é o caso do BPC (Benefício de Prestação Continuada) e auxílio-doença. Ao todo, são mais de 37 milhões de segurados pela autarquia, e boa parte dessas pessoas podem ser beneficiadas com empréstimos consignados.

Os empréstimos consignados nada mais são que linhas de crédito que utilizam algum meio de renda como garantia. Sendo assim, aqueles que possuem renda por meio do INSS podem contratar esses empréstimos, que acabam realizando descontos na folha do benefício.

Desde a última terça-feira (12), está valendo um novo teto de juros do consignado, que foi fixado em 1,80% ao mês. A medida foi aprovada ainda no dia 4 de dezembro pelo CNPS (Conselho Nacional de Previdência Social). Dessa forma, o limite caiu de 1,84% para 1,80%. No caso das operações na modalidade de cartão de crédito e cartão consignado de benefício, o índice máximo caiu de 2,73% para 2,67% ao mês.

Novo juro do consignado do INSS será de 1,80%

O empréstimo consignado do INSS é oferecido para os segurados que têm aposentadoria ou pensão creditada em conta corrente. Como o valor é descontado diretamente na folha de pagamento, trata-se de uma opção de empréstimo fácil e com juros baixos.

Aqueles que desejarem realizar a contratação de uma linha de crédito por meio do INSS primeiro precisam verificar se podem comprometer a própria renda mensal com isso. Caso queiram prosseguir com a operação, o procedimento pode ser feito por meio do aplicativo Meu INSS.

De acordo com o Ministério da Previdência Social, basta fazer o login no app e ir até a parte de baixo da tela, onde aparecerá um ícone escrito “Taxas de empréstimo consignado”, selecione. Em seguida será aberta uma aba com a relação dos bancos e os respectivos juros de empréstimo. Ao lado, estarão relacionadas as taxas para as modalidades de cartão de crédito consignado (RMC) e para utilização do cartão consignado de benefício (RCC). No entanto, elas só devem aparecer quando a instituição oferece esse tipo de crédito.

Ainda segundo a pasta, mais de 6 milhões de brasileiros contrataram a linha de crédito em 2023. O valor médio dos empréstimos giram em torno de R$ 4.940,48. No último ano, o valor médio do crédito foi de R$ 6.241,52, enquanto mais de 7 milhões de pessoas foram contempladas. Por sua vez, o número de segurados foi o maior registrado desde 2018, de acordo com os dados do Dataprev.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.