Terceiro trimestre tem crescimento de 0,1% no PIB do Brasil

O Brasil contou com um crescimento de 0,1% no PIB no terceiro trimestre deste ano, de acordo com dados do IBGE.

O PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil teve um crescimento de 0,1% no terceiro trimestre deste ano de 2023. Os dados são resultado de um estudo divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) até a última segunda-feira (4). O estudo foi feito com 36 países diferentes, e foi revelado um crescimento de 0,06% nas economias.

Dentre as 36 nações presentes no levantamento, 18 delas registraram um crescimento em que foi mantida a estabilidade. Por outro lado, 14 nações registraram retração em comparação com o trimestre anterior. Ainda na última terça-feira (5), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que o PIB do Brasil cresceu 0,1% no terceiro trimestre deste ano em relação aos três meses anteriores.

Entre os quatro países com os melhores resultados na pesquisa feita pela OCDE, destacam-se a China e os EUA, juntamente com a Polônia e a Costa Rica. O país asiático cresceu 4,9% no 3º trimestre de 2023 em relação ao mesmo período do ano anterior, apresentando um crescimento a mais do que o esperado para o terceiro trimestre.

Por outro lado, os Estados Unidos da América (EUA) tiveram o maior crescimento em quase dois anos, o que se refletiu no aumento de gastos do consumidor. No país norte-americano, o Relatório do Departamento do Comércio apontou uma expansão anualizada de 5,2% no período julho-setembro na comparação com o mesmo período do ano passado.

Brasil teve crescimento 0,1% no PIB no terceiro trimestre

De acordo com as previsões feitas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), há um indicativo de desaceleração na economia global, mesmo com um crescimento maior na China e de estabilidade nos EUA e no Brasil em comparação com o ano anterior.

Em sua pesquisa, o IBGE ressaltou que o PIB 3,1% no acumulado dos últimos quatro trimestres terminados em setembro de 2023. Já o acumulado do ano foi de 3,2% frente ao mesmo período de 2022. 

“Em valores correntes, o PIB no terceiro trimestre de 2023 totalizou R$ 2,741 trilhões, sendo R$ 2,387 trilhões referentes ao Valor Adicionado (VA) a preços básicos e R$ 353,8 bilhões aos Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios”, diz o IBGE.

Já no terceiro trimestre de 2023, a taxa de investimento girou em torno de 16,6% do PIB, o que representa uma queda frente ao mesmo período de 2022 (18,3%). Por outro lado, a taxa de poupança foi de 15,7%, inferior à do terceiro trimestre do ano passado (16,3%).  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.