Black Friday 2023: lista de sites para não comprar nesta data

O Procon fez uma lista com quase 80 sites que devem ser evitados pelos consumidores durante a Black Friday. Já a Febraban dá dicas de cuidados gerais

O Procon-SP publicou uma lista contendo 78 sites que devem ser evitados em transações online – principalmente durante o período de promoções da Black Friday -, com 13 deles ainda em funcionamento. Esses sites foram identificados na seção “Evite esses Sites” após procedimentos internos, que incluem pesquisas e tentativas de comunicação com as empresas citadas.

A relação apresentada compreende sites que acumulam reclamações e não atendem às notificações ou solucionam as questões dos consumidores. O Procon-SP conduz várias tentativas de comunicação, por meio de e-mails, chamadas telefônicas e outros canais identificáveis, antes de incluir um site na lista.

Sites que devem ser evitados na Black Friday

  • 123importados.com; 123multiofertas.com.br; 123multiofertas.net
  • A: Acessivelmodasbras.com.br; agachecomercial.net; ascarishop.com
  • B: bmjbaby.com.br; boavistaacabamentos.com; brasilmagazine.com; brezzy.com.br
  • C: caixamisteriosa.com; casadonatebrasil.com; casakith.com.br; casamagazinebrasil.com; centroofertas.com.br; Cintosbyhi.com.br; cogumeloshop.com; comandantedasofertas.com; compufree.com.br
  • D: dbellestore.com; Descontosbrasileiro.com; dutrametais.com; dutrametais.com
  • E: equipamentosrodrigues.com; everestgroup.com.br
  • F: fabricaauthenticite.com; fabricashoes.com.br; fazeventossp.com.br; feme.com.br; flystorebrasil.com.br; frozenshop.com.br
  • G: Gelniche.com.br; gigavarejo.com.br
  • H e I: hofferta.com; iluminim.com.br
  • L: Lbashop.com.br; leggingbrasil.com; lewadoimports.com; liquidashoes.com.br; logusapostilas.com; lojabestvarejos.com; lojacondi.com; lojadigivarejista.com; lojadubaiimports.com.br; lojaskd.com.br; lojavitesse.com; Lovelybox.com.br; luadishop.com.br; luxdecoracoes.com.br
  • M: magazineal.com; magazinedosatacados.com; magazinestore.com; magazinmulher.com.br; mobyeletro.com
  • N: nuvemdedescontos.com
  • O: ofertastore.com; offthewall.com.br; Outletdasfraldas.com.br
  • P: peixeurbano.com.br; pneusdrive.com.br; premierexclusive.com.br
  • R: rocklin.com.br; Rosafashion.com.br
  • S: saldaocarioca.com.br; Santolarmoveis.com.br; shopmaxx.com.br; Sigaofertas.com.br
  • T: tecnotec.com.br; tenisrun.com.br; tiggoshop.com.br
  • U: usenox.com; usesofia.com.br
  • V: vivadecor.com.br; vivonestore.com
  • Z: zinnimodas.com

Conselhos aos consumidores

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) emitiu um alerta aos consumidores, informando sobre o aumento de golpes durante a Black Friday. A entidade ressaltou a importância de os consumidores redobrarem a atenção diante de ofertas bastante atrativas, lojas presentes em redes sociais e cuidados com cartões.

Adriano Volpini, diretor do Comitê de Prevenção a Fraudes da Febraban, enfatizou que as quadrilhas aproveitam o período de grande volume de promoções para aplicar golpes por meio de “engenharia social”, manipulando os usuários para obter informações confidenciais e roubo de dados pessoais.

Dicas para prevenir fraudes:

  1. Opte por realizar compras em plataformas reconhecidas;
  2. Consulte a reputação de websites não familiares em plataformas de avaliações;
  3. Abstenha-se de usar computadores públicos ou de terceiros para realizar compras ou inserir informações bancárias;
  4. Esteja atento às opções de pagamento disponibilizadas pelo comércio eletrônico e desconfie de escolhas limitadas.

A entidade também aconselha que os consumidores fiquem atentos a promoções com preços significativamente inferiores ao valor real do produto e a sites que requerem o preenchimento de formulários com informações pessoais para ter acesso às ofertas da Black Friday.

Outra sugestão é utilizar cartões virtuais ao realizar compras online e aproveitar o serviço de notificação de transações disponibilizado pelos bancos, que fornece instantaneamente o valor efetuado para cada transação. Em compras presenciais com cartão, é aconselhável verificar o valor na maquininha antes de digitar a senha.

A Febraban orienta que, ao pagar com Pix, o consumidor deve efetuar a transação dentro do ambiente da loja virtual. Foi recomendado que, ao receber o código QR Code do varejista, os dados do pagamento sejam verificados minuciosamente, e a confirmação de que a loja escolhida é efetivamente a destinatária do dinheiro seja realizada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.