Adeus ao papel higiênico? Produto promete dar fim aos rolos tradicionais

Devido aos danos causados ao planeta durante sua fabricação, a comunidade científica já busca um substituto

O papel higiênico é um item indispensável no dia a dia, sendo usado para diversas finalidades. Contudo, o seu uso preocupa os especialistas, principalmente pelo seu impacto negativo no meio ambiente. A título de curiosidade, a produção diária consome cerca de 27 mil árvores diariamente, como apontam os dados da WWF (World Wide Fund for Nature), prejudicando áreas verdes.

Vale lembrar que as florestas são de suma importância para filtrar gases tóxicos e controlar a temperatura. Por conta disso, a comunidade científica vem pensando em alternativas para substituir o papel higiênico. Neste sentido, os japoneses sugerem o uso da esponja Konjac, adaptada de buchas naturais orgânicas.

Como uma esponja pode substituir o papel higiênico?

Se depender dos japoneses, isso pode se tornar uma realidade em breve. Vale frisar que não se trata de qualquer esponja, uma vez que o papel higiênico cumpre uma função de higiene pessoal. Portanto, exige um substituto igualmente funcional e seguro, como as fibras de raiz da planta Amorphophallus Konjac.

Dessa forma, ela apresenta uma textura macia e porosa, permitindo uma limpeza suave da pele. Além disso, ela possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e hidratantes, responsáveis por ajudar a prevenir infecções na região íntima. A seguir, veja as demais vantagens do Konjac.

Quais são os outros benefícios da esponja?

A esponja Konjac possui diversas vantagens em relação ao papel higiênico, tanto para o meio ambiente quanto para a saúde. Confira algumas delas:

  • 1. Em primeiro lugar, a esponja é biodegradável e se decompõe naturalmente sem causar danos à natureza, tornando-se um elemento compostável em adubos, por exemplo;
  • 2. No entanto, costuma ser reutilizável, isto é, pode ser usado novamente após lavado com sabão e água corrente, deixando o material limpo, garantindo até três meses de uso;
  • 3. Além de ser higiênica, ela é muito econômica, pois oferece um custo-benefício melhor e não produz resíduos orgânicos que precisam de tratamento;
  • 4. Por fim, a Konjac é saudável e recomendável para homens e mulheres de todas as idades, uma vez que “respeita” a flora natural e equilibra o pH.

Afinal, por que o papel higiênico não é sustentável?

O papel higiênico não é um produto sustentável por inúmeros motivos. Entre eles, sua produção gasta 140 mil litros de água para confeccionar um único rolo. Como mencionado há pouco, todos precisam assumir a responsabilidade de gerar menos lixo, visando diminuir os danos ao planeta.

Por último, vale mencionar a existência da ducha higiênica, dos lenços umedecidos e até mesmo das toalhas reutilizáveis, tendo em vista que a Konjac não é tão popular em terras brasileiras. Todavia, até que o item seja vendido em larga escala ao redor do mundo, é de suma importância fazer o uso consciente do papel higiênico.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.