Furtos aumentam no Brasil e estes estados são os que mais sofrem

De acordo com o anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado recentemente, o Brasil está enfrentando um aumento preocupante nos índices de roubos e furtos de veículos. Esse tipo de crime registrou um crescimento pelo segundo ano consecutivo, após um período de redução na taxa.

Os dados revelam que, no ano passado, foram registrados 373.225 veículos roubados, o que representa um aumento de aproximadamente 38 mil casos em relação ao ano anterior. A taxa de roubo/furto também aumentou, passando de 300 para 324 casos considerados para cada 100 mil veículos registrados. Essa tendência é motivo de preocupação e requer uma análise mais aprofundada das causas subjacentes.

O anuário aponta que o aumento do número de roubos e furtos se deve, principalmente, ao crescimento do furto, que é o crime contra o patrimônio sem violência.

Fórum especula algumas hipóteses para explicar esse cenário

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública especula algumas hipóteses para explicar esse cenário, como o retorno ao contexto pós-pandemia, no qual as pessoas passaram a sair mais de casa e, consequentemente, expor seus veículos com maior frequência. Outro fator que pode estar influenciando esse aumento é a dinâmica das organizações criminosas, que podem estar se adaptando e desenvolvendo novas estratégias para cometer esses crimes.

Entre os estados brasileiros, o Rio de Janeiro lidera o índice de crimes contra veículos, seguido por Pernambuco e Piauí. Por outro lado, Mato Grosso e Goiás registram os menores índices de furto e roubo de veículos, possivelmente devido às características geográficas dessas regiões, com grande extensão de zona rural, o que pode dificultar a ação dos criminosos nesses locais.

O anuário mostra que a modalidade do crime pode variar entre os estados. Por exemplo, na Paraíba, a maior parte das ocorrências está relacionada a roubos, enquanto em Mato Grosso do Sul, o furto se destaca como a principal modalidade de crime contra veículos.

Experiências bem-sucedidas em alguns estados

Apesar dos desafios, é possível aprender com experiências bem-sucedidas em alguns estados. Um exemplo é São Paulo, que conseguiu reduzir significativamente o índice de roubos e furtos de veículos. Estudiosos do tema têm buscado entender os fatores que contribuíram para essa redução. O sociólogo Gabriel Feltran, por exemplo, aponta mudanças na dinâmica das organizações criminosas e na indústria automobilística como possíveis influências nesse cenário.

Medidas e políticas públicas podem ter contribuído para essa melhoria. A lei do desmanche em São Paulo é uma dessas ações, que visa combater o comércio ilegal de veículos e desmanches irregulares, dificultando a atuação de criminosos nesse mercado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.