Como incluir marido e filhos no Bolsa Família? Passo a passo para atualizar

A inclusão de um membro novo no Bolsa Família pode ser devido a um casamentou ou ao nascimento de um filho. Mesmo que muitas pessoas tenham dúvidas em como fazer isso, o processo é bastante simples.

Ou seja, primeiro deve-se entender que o Bolsa Família é um programa de benefícios do Cadastro Único.

Assim, para incluir alguém no Bolsa Família é preciso incluir essa pessoa no Cadastro Único.

O Que é o Cadastro Único?

Auxílio Brasil: Valor do novo Bolsa Família

O Cadastro Único é uma iniciativa do governo, que tem como objetivo é identificar as famílias de baixa renda no Brasil.

Dessa forma, o Cadastro Único utiliza informações para decidir o uso e criação de algumas politicas publicas para a classe baixa da população.

Assim, é possível a criação de benefícios e programas para a população pobre do país.

Sobretudo, para se inscrever no Cadastro Único, e ter acesso ao Bolsa Família, é necessário ganhar meio salario mínimo por pessoa ou ganham até 3 salários mínimos de renda mensal ​tota​l.

Quais são os Benefícios do Cadastro Único?

Essa iniciativa conta com 15 benefícios, sendo o Bolsa Família um deles. Confira abaixo todos os programas e benefícios:

  • ​​Programa Bolsa Família
  • Programa Minha Casa, Minha Vida
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência;
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos.

Assim, o Cadastro Único, também utiliza os dados para seus programas sociais.

Como Incluir Alguém no Bolsa Família?

Em primeiro lugar, é necessário disponibilizar informações verdadeiras ao realizar o cadastro no Cadastro Único, assim você evita potenciais problemas ao utilizar o beneficio do Bolsa Família.

Entretanto, se você precisar realizar alguma mudança deve buscar por pelo CRAS (Centro de Referência em Assistência Social ) da sua região.

Porém, é importante lembra que a cada dois anos é necessário realizar a atualização do cadastro.

Porém, ao chegar no CRAS, ou local onde foi indicado para você, é necessário estar com alguns documentos em mãos, como: CPF ou Título de Eleitor.

Por fim, para que a seja possível a mudança, é necessário a presença do responsável pelo cadastro da família, com algum documento de todos os outros familiares.

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais