Novo auxílio emergencial 2021 é o fim do 14° salário dos aposentados?

Projeto pretendia pagar um salário a mais para os aposentados, mas não foi aprovado em 2020. Como fica a situação com o possível novo auxílio emergencial? É o fim do 14° salário dos aposentados?

0

Existe uma expectativa de que em 2021 seja pago o 14º salário para aposentados do INSS, o que seria uma renda a mais para o fim do ano. Ou se o valor fosse adiantado poderia contribuir para as pessoas lidarem com a pandemia.

No entanto, a expectativa de 14º salário ser criado e aprovado já vem sendo levantada faz alguns anos. Ela ganhou mais força em 2020, visto a situação que passamos devido a pandemia. Contudo, a votação do projeto foi adiada e acabou não sendo possível o pagamento no último ano.

Espera-se que, como a expectativa era grande para uma votação, que em 2021 o processo retome força e seja votado e aprovado. Entretanto, um outro assunto tem ganhado mais força nas últimas semanas. Que é se o novo auxílio emergencial vai ser aprovado e quais seriam as consequências disso, mais sobre esse assunto falaremos na sequência.

Novo auxílio emergencial, seria o fim do 14° salário?

O auxílio emergencial foi uma bonificação do Governo Federal paga as pessoas, para que elas conseguissem lidar melhor com a crise financeira motivada pela pandemia. No ano passado o auxílio era para ser pago inicialmente por 3 meses, tendo ele o valor de R$ 600,00. Contudo, o prazo foi estendido os pagamentos seguiram adiante.

14 salario ou novo auxilio
Debate sobre prioridades gera divisão entre apoiadores do novo auxílio emergencial e pensionistas que lutam pelo 14° salário.

Muitos parlamentares estão vendo a situação da população, que ainda está sofrendo devido aos grandes impactos que a covid-19 deixou na nossa economia. Por isso, estão propondo uma extensão do auxílio emergencial, ou pelo menos que ele seja reformulado e posto novamente em votação.

No entanto, os especialistas financeiros do governo afirmam que tal medida seria impossível de ser tomada. Devido aos limites de gastos impostos pelo teto orçamentário da União. Que limita a quantidade de valores que o governo pode gastar no ano.

Novo auxílio emergencial pode impedir o 14º salário em 2021?

Até o momento, segundo as manifestações do governo, não existe a intenção de um novo auxílio emergencial ser aprovado. O ministro Paulo Guedes até mesmo afirmou que essa medida só seria tomada se as vacinas não correspondessem às expectativas.

A antecipação do 13° salário dos aposentados já foi estudada e está pronta. Porém, essa despesa já está prevista nos gastos da união. Um décimo quarto salário ou um novo auxílio emergencial, seriam despesas extras e esbarram no teto de gastos.

A aprovação de um novo auxílio emergencial, mesmo que de forma indireta, influencia no 14° salário por ser um comprometimento do Governo com novos gastos públicos. Por ordem lógica, qualquer gasto fora do teto de gastos, diminui as chances de um novo gasto no modelo citado.

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais